Páginas

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Cristo, o incomparável

Por Renato Vargens

Os últimos anos tem sido marcados tanto pelo surgimento como pela multiplicação de aberrações teológicas.  Todavia, apesar das incongruências e indiossicrasias de alguns,  Cristo continua sendo o Incomparável! (veja o vídeo abaixo)

Caro leitor, nós nascemos para glorificar a Deus. Nascemos para Ele. Existimos para sua satisfação e prazer. Vivemos para fazer sua vontade. Fomos criados para que Ele seja o centro de nossa vida, o foco, o alvo, tudo.  Nós dependemos dele e nos alegramos demasiadamente por isso!

"Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos!  Quem, pois, conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi o seu conselheiro? Ou quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituído?  Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!


Soli Deo Gloria,