Páginas

domingo, 17 de abril de 2011

Em outras palavras...


Prosopopéia flácida para acalentar bovinos (Conversa mole pra boi dormir)
 
Colóquio sonolento para gado bovino repousar (História pra boi dormir)
 
Romper a face (Quebrar a cara)
 
Creditar o primata (Pagar o mico)
 
Inflar o volume da bolsa escrotal (Encher o saco)
 
Derrubar, com a extremidade do membro inferior, o suporte sustentáculo de uma das unidades de acampamento (Chutar o pau da barraca)
 
Deglutir o batráquio (Engolir o sapo)
 
Derrubar com intenções mortais (Cair matando)
 
Aplicar a contravenção do Dr. João, deficiente físico de um dos membros superiores (Dar uma de João sem braço)
 
Sequer considerar a utilização de um longo pedaço de madeira (Nem a pau)
 
Sequer considerar a possibilidade da fêmea bovina expirar fortes contrações laringo-bucais (Nem que a vaca tussa)
 
Derramar água pelo chão através do tombamento violento e premeditado de seu recipiente (Chutar o balde)
 
Retirar o filhote de eqüino da perturbação pluviométrica (Tirar o cavalinho da chuva)
Vi lá no Zé Bisteca