Páginas

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Salmo de indignação

Por Franklin Rosa

Canção ao Crente Mor_no

1 Bem-aventurado o cidadão que não anda no conselho do religioso, nem se detém na panelinha dos doutores, nem se deleita na logorréia dos doutrinadores.

2 Antes, tem o seu prazer na criação do Senhor, e com o ser marginalizado se identifica na alegria e no açoite.
              
3 Pois será como morada de vida que ao excluído leva abrigo, o qual não menospreza o que está fadado a sua própria sorte no limiar da morte, antes acolhe, consola e junto chora com pesar, tendo prioridade em todas as suas feridas curar.

4 Não são assim os religiosos, que com muita picuinha e ladainha no pregar, aos diferentes e sem igreja gostam de infernizar.

5 Pelo que eles não contribuirão com uma sociedade mais justa, humana e melhor, antes lamentavelmente a transformarão de mal a pior.

6 Porque o Senhor conhece o coração do cidadão do bem, mas o crente mor_no,  pouco prazer no que é reto e verdadeiro ele tem.

Vi lá no : CONEXÃO DA GRAÇA