Páginas

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Pintamos o mundo com o que temos!


Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso;
 se, porém, os teus olhos forem maus,
todo o teu corpo estará em trevas. Mt 6: 22

O mundo será pintado com as tintas que temos disponível no coração

Por Irismar Oliveira
Você já parou para pensar que muitas vezes ao chegarmos em um determinado lugar e de primeira já temos uma opinião formada sobre as pessoas que ali estão e até descrevemos cada uma delas  com um titulo, fulano é isso e sicrano é aquilo, mas será que na realidade é isso mesmo? Será que o fulano é isso? Quantas oportunidade temos perdido por termos uma visão errada das pessoas, definimos cada uma como achamos e essa definição geralmente é baseada na nossa própria visão. Na maioria das vezes o problema não está nas pessoas mas em nós mesmo e o problema está na nossa visão e essa visão é baseada no que temos dentro de nós é o que somos na verdade. 

Leia essa historia e reflita como você tem pintado o seu mundo, seu local de trabalho, sua casa, lembre-se que sempre iremos ver os mundo pela nossa ótica e  ela é baseada de como estamos por dentro e não pelo que está fora. Se tu és briguento irá encontrar muitos por ai, se és fofoqueiro também.   Não esqueça: o exterior sempre reflete o que há no interior!!


A cor do seu mundo 

Um ancião descansava num banco de madeira à sombra de uma árvore, quando foi abordado pelo motorista de um automóvel: 

- Bom dia, meu amigo! 

- Bom dia! 

- O senhor mora aqui? 

- Sim, há muitos anos... 

- Estarei vindo de mudança para cá e gostaria de saber como é o povo daqui. 

- Deixe-me perguntar-lhe uma coisa primeiro, como são as pessoas lá da sua cidade? 

- Ah! De onde venho o povo é gente boa, fraterna. Fiz muitos amigos. Só estou saindo de lá por imperativos da profissão. 

- O senhor é um homem de sorte, meu filho. Esta cidade é exatamente igual a sua. Vai gostar daqui! 

O forasteiro agradeceu e partiu. Minutos depois apareceu outro motorista e tem a mesma conversa com o ancião. O ancião lançou-lhe a mesma pergunta:
- Como são as pessoas lá da sua cidade? 

- Horríveis! Povo orgulhoso, cheio de preconceitos, arrogante! Não fiz um único amigo naquele lugar! 



- Sinto muito, filho, você está sem sorte, pois aqui encontrará exatamente o mesmo ambiente. 

Um rapaz, que a tudo assistiu, não se conteve: 

- Senhor, não pude deixar de ouvir as duas conversas... Como pode responder à mesma pergunta com duas respostas tão diferentes uma da outra? 

- Nós vemos e julgamos o mundo a partir da nossa própria ótica, a partir do que nós mesmos somos. 

Uma pessoa fofoqueira, por exemplo, de imediato enxergará todos os fofoqueiros da cidade; uma pessoa agressiva, de imediato enxergará todos os agressivos deste lugar. 

O primeiro homem enxergará as pessoas boas e fraternas deste lugar; o outro, bem, enxergará os orgulhosos, os preconceituosos e os arrogantes. 

A cor do mundo, portanto, depende da nossa ótica. O exterior estará sempre refletindo o que levamos no interior.
( autor desconhecido)

Se percebe que em teu olhos ha trevas busca a Luz que vem do Senhor, ele é a nossa Salvação e a nossa luz!



Versículo para meditação
E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós manifesta em todo o lugar a fragrância do seu conhecimento. Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo. 2 Corintios 2:14