Páginas

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

O Protegido - Ciclo da Trevas

Não sei fazer resenha, mas resolvi tentar essa. Amei esse livro e recomendo, para quem gosta de fantasia vai se deleitar!


Livro: O Protegido - Ciclo das trevas #01  
Autor: Peter V. Brett
514 páginas
5 estrelas

Sinopse:
Ao cair da noite, eles surgem por todos os lados, famintos por carne humana, demônios de areia, de vento e até de pedra, conhecidos como terraítas. Depois de séculos, a humanidade definhou e se tornou refém da escuridão. Arlen, Leesha e Rojer, jovens sobreviventes, atrevem-se a lutar e encarar as trevas. O jovem Arlen recebe os ensinamentos de um mensageiro e descobre que o medo, mais que os demônios, é o mal a ser combatido. Leesha tem a vida destruída por uma simples mentira e se torna ajudante de uma velha e misteriosa ervanária. E o destino de Rojer muda para sempre quando um menestrel chega à sua vila com uma rabeca. Juntos, eles podem oferecer ao mundo uma última, e fugaz, chance de sobrevivência.


O primeiro livro da trilogia Ciclo das Trevas, fala de um mundo dominado por demônios chamados de Terraítas que sempre aparecem ao noitecer para devorar os humanos e a única coisa que serve de proteção são símbolos pintados em suas casas.
É nesse cenário que é contada a história de três crianças, Arlen, Leesha e Rojer, a princípio, separadamente.
Arlen mora em Riacho do Tibbet, e tem talento para desenhar os sinais de proteção. Após uma tragédia e decepção pela covardia do pai e das pessoas do lugar, ele decidi ir embora para as Cidades Livres, onde quer realizar seu sonho de se tornar um mensageiro e aprender sobre todas as proteções, inclusive as perdidas e esquecidas pelo tempo. Ele acredita que os terraítas possam ser derrotados.
Leesha vive em Clareira do Lenhador e é a prometida do lenhador Gared, que de certa forma sem querer, espalha boatos sobre a “virtude” dela, fazendo assim com que ela se refugie com Bruna, a ervanária do lugarejo, quando a própria Leesha passa a ser sua aprendiz, tornando assim uma ervanária quase tão boa quanto Bruna.
Rojer depois de uma tragédia com a morte de seus pais, quando tinha apenas três anos, foi criado por um famoso menestrel em decadência. Assim ele se torna aprendiz do menestrel.
O Protegido, um homem tatuado com os sinais de proteção da cabeça aos pés, literalmente, e, a noite mata todos os demônios que cruzam seu caminho, sem temer ou se esconder.
A leitura é rápida, onde tudo vai se encaixando no meio de muita aventura, e claro, dor e sofrimento, pois o cenário é agonizante, com demônios da árvore, areia, fogo, pedra, vento, água, é demônio para todo gosto! As criaturas são bem descritas, dá para imaginar o bicho!!
Não é um livro infantil, pois tem muito sangue, esquartejamento, mortes, magia, sem contar a agonia toda.
A DarkSide caprichou na capa e o interior do livro, que ficou liiiindo, e de quebra ainda vem uma cartela de tatuagens com as proteções desenhadas. Um carinho.
Vou colar na testa do meu marido quando ele estiver dormindo! kkkkkkk... (acho que ele precisa de proteção né? Se bem que depois disso eu que precisarei!)



O segundo livro é A Lança do Deserto, já está a venda, preciso avisar meu filho para adiantar o meu presente de Natal!

Bjoo