Páginas

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Entre Dois Amores

Livro: Entre Dois Amores
Autor: Carolina Estrella
Editora Planeta
205 páginas
3 estrelas

Sinopse:
Helô Martinez está no 2º ano do ensino médio e ama duas coisas: garotos e moda. Definitivamente, ela não ama a língua portuguesa e não tem a menor vocação para ser leitora – de nada, nem de horóscopo –, e sempre que precisa fazer algum trabalho sobre literatura para a escola ela conta com a cumplicidade de Amanda, sua amiga nerd devoradora de livros. Mas sua mãe não aguenta mais seus boletins pintados de vermelho e resolve fazer uma intervenção. Contrata um professor particular para ajudar a filha a tirar notas boas em português e literatura. Para desespero de Helô, seu novo mestre é o vizinho “melequento” – como ela diz –, que está no primeiro ano da faculdade de Direito e a rejeitou num passado não muito distante. Apesar da tragédia anunciada, César Rodolfo, um garoto tímido, estudioso, de palavreado pomposo e arcaico e lindos olhos verdes, acaba conseguindo o impossível: transformar Heloísa numa leitora voraz, capaz de declamar Carlos Drummond de Andrade e citar Emily Brontë.


Temos que partir do princípio que é um livro juvenil e não se esquecer disso, senão o comentário pode ser injusto. Ao que Carolina Estrella se propôs ela se saiu muito bem.
Carolina escreve de forma limpa, clara e divertida. Usou um argumento bem interessante, a escolha entre a amizade e namorado: e equilibrou tudo direitinho. Desenvolveu a história sem dar voltas demais e não se aprofundou muito, fez um conto de fadas bonitinho.
Gostei da forma como autora chamou atenção para o amadurecimento da protagonista, a Heloísa, atrás da descoberta pelo gosto pela leitura e desenvolvimento da escrita, estimulado pelo César Rodolfo (que fiquei “chocada” com esse nome (hehehehe), mas depois ao ler os agradecimentos da autora entendi e achei muito bonitinho o carinho dela. O amor do César por Heloísa é um caso a parte, acho que ela nem merece, mas amor de adolescência é coisa mesmo sem sentido.
Se você é jovenzinha, o coração vai palpitar hehehehehehe… se você já é um pouco mais velhinha vai ser distrair e relaxar.
Um livro sem ressaca literária, muito bom para fechar o ano.
Bjoo