Páginas

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Subindo Pelas Paredes

Livro: Subindo pelas paredes Cocktail # 1
Autor: Alice Clayton
276 páginas
2,75 estrelas

Subindo pelas paredes é, pelo menos, divertido. É clichê, mulher se irrita com homem e se apaixonam, mas não ligo, gosto de me divertir. Detalhe até a NT faz gracinhas e de mais, por exemplo:

“*meninas, essa autora é louca. Tem trocadilhos dela que eu não entendo, mas ok. Continua...”

“*Não pude deixar de lembrar da dona Florinda dizendo para o Sr. Girafales. Kkkkk Será que o Ed assistia? “

Ela é divertida junto com a história, é diferente, gostei. Lembra as pessoas que traduzem as legendas de séries de TV e que deixam seus recadinhos no final, aliás, espero por eles, amoo!

O livro traz ora a visão dela, ora a visão dele. Gosto assim, já que quer escrever na primeira pessoa. Também tem os pensamentos divertidos de outros personagens.
Ok, não é um livro para adolescente, mas a gurizada de hoje em dia… sei lá! Mas não um livro que se possa dizer que é para adulto, não chega a tanto, acho que se encaixa no new adult.



Sinopse;
A primeira noite de Caroline em seu novo apartamento é uma promessa de que dias e noites agitados virão. Ela não poderia imaginar que dividiria a fina parede do seu quarto com um cara capaz de deixar uma mulher completamente maluca na cama. Aliás, uma não, Caroline já contou pelo menos três gritos e gemidos diferentes. Conviver toda madrugada com a animação do apartamento ao lado deixa Caroline ainda mais afundada na crise sexual que a acompanha há tempos. Mas ela nem sequer pode imaginar que o vizinho que ela abomina talvez seja o único capaz de lhe trazer de volta seus orgasmos. Em Subindo pelas paredes, Alice Clayton mistura humor, paixão e boas doses de sensualidade, capazes de fazer qualquer uma cair de joelhos e se apaixonar.

Eu li e gostei, recomendaria para os menos exigentes!Hehehehe
Bjoo