Páginas

domingo, 31 de janeiro de 2016

Fechando o Mês

Para Janeiro fiz uma lista com 32 livros para escolher entre eles quais leria. Dos 32, eu li 26 e umextra. Ainda estou lendo mais um extra, mas não estou com pressa de terminar hoje, acho.
Esse mês (Fevereiro) não farei lista, fico presa, não gosto. Com livros sou muito inconstante. Se bem que vou participar de uma Maratona de Carnaval, escolhi a princípio somente uma autora a Sophie Kinsella, e pretendo ler

1. Lembra de Mim
2. Menina de Vinte
3. Louca para Casar
4. O Segredo de Emma Corrigan
5. Samantha Sweet, Executiva do lar 





Ainda não sei ao certo o  que lerei, mas acho que começarei Fevereiro com fantasia.
É isso.
Bjoo

Obs.: Os livros lidos estão “linkados” na lista

Redenção e Submissão

Livro: Redenção e Submissão - Redenção # 2
Autor: Nana Pauvolih
Editora Rocco
440 páginas
3 estrelas

Resumo:
Matheus, mais conhecido por Matt, forma com Arthur e Antônio o trio de amigos inseparáveis desde a infância. Já na adolescência, o grupo começou a descobrir os prazeres do sexo e da realização das fantasias frequentando o clube Catana. Matt se tornou um dos mais admirados e respeitados Dom, como são conhecidos os dominadores nos clubes de BDSM, sigla que envolve "Bondage, Disciplina/Dominação, Submissão/Sadismo e Masoquismo". Uma verdadeira máquina de sedução especializado em Shibari, a técnica oriental de imobilização, que deixa as submissas encantadas. 

O desejo de dominação e o prazer em ter uma mulher submissa de forma consensual não o impediam de ser um cara romântico, que sonha em casar e ter filhos. 

Mas enquanto não encontra o par pefeito, Matt vai se divertindo no clube Catana. E é justamente lá que ele conhece Sophia, uma típica dominatrix, também apreciadora das práticas de BDSM. Ambos eram muito parecidos em seus desejos e vontades. O convívio dos dois torna-se uma imensa atração sexual. Não demora muito para descobrirem que um sentimento mais profundo está em jogo. Mas antes disso, segredos devem vir à tona e a troca de confiança se tornar uma realidade. O que será um processo difícil para Sophia, que ainda hoje não lida bem com traumas do passado. Mas Matt é conhecido pela persistência e resolve investir na relação depois de descobrir o poder de Sophia em despertar o que havia de mais intenso e desconhecido em seus sentimentos.



Obs.:BDSM, é uma sigla que representa várias práticas e expressões eróticas: Bondage e Disciplina (B/D), Dominação e submissão (D/s) e Sadismo e Masoquismo (S/M).



Olha vou falar a verdade, aliás, sempre falo. Nem sei falar como é a escrita da Nana Pauvolih, deve ser boa, porque li bem rápido e entendi tudo beeeeem claramente hehehehe… mas o livro é escrito na primeira pessoa na visão de Matt e de Sophia (isso eu lembro!)

Eu ri viu! Tinha hora que eu falava comigo:
_ É ruim heim, meu amigo!!!!
_ Sai fora!
_ O quê???
_ Dá pra fazer isso?
_ Ai que calor!!
_ Ahh isso eu deixava!
_ Hummmmm
_ Eita!
_ De novo?
Pois é, foi uma variedade de pensamento (nem vou falar dos sentimentos, muito íntimo! hehehehe). Usamos sempre nossos valores e caráter como base para nossos sentimentos e opiniões, ou, deveríamos. Esse livro conta uma história de amor de procura, entrega, superação, aceitação, tudo regado a muito sexo e beeem descrito. Quando alguma coisa não faz parte do seu comum costuma a chocar ou incomodar, quem sabe até achar engraçado. A curiosidade é muito interessante e se você der mão a ela, você será levado por onde quer que ela vá, por isso é bom levar consigo o bom senso e razão. Por que digo isso? Por que gostei do livro, achei engraçado, mas não por ser cômico, mas fora da minha realidade (pelo menos algumas partes, e nem vem que não vou contar!), fiquei meio que chocada por não entender certos desejos, mas isso é pessoal e não fico muito pensando em porquês. Na verdade eu não vi (li) nada que de fato fosse “oh meu Deus!!”. Agora, não é um livro para menores de 18 anos e para as todas “puras salve, salve”; mas já conheci meninas de 18 mais “esperta” que eu e “santinhas” bem safadas, por isso...
Esse é o segundo livro da trilogia Redenção, não sabia, achei que era livro único. Se vou ler os outros? Quem sabe. Ahh quer que eu leia e venha contar né? Safadinha! Hehehehe…
Se optarem por essa leitura, adianto, é uma aventura interessante. Quem não conhece vai aprender e quem conhece vai se deleitar. Usem um protetor de calcinha e boa leitura!!
Bjoo



sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Magnífico

Livro: Magnífico - Trilogia da Lei 3
Autor: M.S. Fayes
270 páginas
3,5 estrelas

Sinopse:
Quando Lana Conner precisou recorrer à ajuda de suas amigas, Kate e Fay, ela mal poderia imaginar que sua vida estivesse à beira de uma reviravolta. Abandonada pelo namorado, grávida e sem perspectiva de trabalho, ela volta a morar com sua mãe no interior, até que uma situação exige que ela saia de seu casulo e retorne a Boston. John Reynolds é um renomado juiz, senhor do destino na vida de muitas pessoas, de repente se vê sem o controle de sua vida quando uma amizade inesperada surge entre ele e Lana. John se fechou para o amor, assim como Lana foge do mesmo sentimento. Mas bastou apenas um olhar para que soubessem que algo poderia mudar em suas vidas. Será que estão prontos para enfrentar as dificuldades do dia a dia? O que o futuro poderia reservar a estes dois para que se permitam a chance de um novo começo?

A essa altura, sendo esse o terceiro livro da Trilogia da Lei de M. S. Fayes, já estou me acostumando a sua escrita clara, objetiva e que flui muito bem, tornando a leitura rápida e prazerosa.
O receio que tive em ler o segundo, não tive dessa vez, somente curiosidade para ver o que autora reservou para vida de Lana, a meu ver a mais doce das três amigas (Kate, de Absoluto e Fay, de Irresistível, são as outras duas).
E agora a história reúne as três amigas e seus namorados, já conhecendo suas histórias, a gente se sente mais próximo dos personagens. É uma sensação interessante, boa. E para falar a verdade o clima é totalmente diferente. A amizade entre elas, os diálogos, ironias, brincadeiras… é tudo divertido e gostoso no meio de um romance tímido e problemas sérios na vida de Lana. A autora conseguiu colocar leveza no meio de um assunto sério.
M. S. Fayes usou sua escrita para encantar o leitor, na verdade leitora. Não acredito em nada dessa história, acho bem difícil que exista amor dessa forma, da que é escrita nessa trilogia, paixão sim, mas amor é outra coisa. Mas sou romântica e sonhadora. Gosto de regar meu coração com coisas que me encantam e que me levem para longe.
Gostei, achei uma leitura prazerosa.
Bjoo




quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Irresistível

Livro: Irresistível - Trilogia da Lei 2
Autor: M.S. Fayes
Editora Charme
218 páginas
3,5 estrelas


Sinopse:
Poderia haver algo que freasse a impetuosa Fay Williams? Aparentemente apenas um homem com pulso firme poderia domar aquele furacão em forma de mulher. Quando Fay e Alex se encontram pela primeira vez, faíscas voam para todos os lados, deixando marcas em ambos. Eles nunca poderiam esperar que suas carreiras acabariam se encontrando tão próximas.
Em vez de aliados, eles se viram oponentes na batalha travada entre seus desejos e seus corações. O único que podiam atestar afinal era que, o amor é simplesmente irresistível em toda a sua essência.







Acredito que M.S. Fayes se saiu melhor nesse livro que no primeiro, e eu tive uma certa resistência em começar a lê-lo. Isso porque gosto de trilogia ou saga, em que os protagonistas sejam os mesmos. Quando vi era história da amiga, me desanimei, mas insisti e não me arrependi, mesmo sendo escrito na terceira pessoa.
Agora é vez da história de Fay. A princípio não simpatizei com ela - outra dificuldade na minha leitura, mas texto só faz sentido dentro do seu contexto, e, a história dela é linda. Ela se revela ser totalmente diferente do que aparenta, traz traumas do passado em seu coração.
Apesar de toda confusão, que lógico teria que ter, Fay Williams faz um par lindo com Alex Bergman.
Gostei muito de ler. Uma bela distração.
Bjoo

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Absoluto

Livro: Absoluto - Trilogia da Lei 01
Autor: M.S. Fayes
Editora Charme
218 páginas
3 estrelas

Sinopse:
Ela era um fenômeno, como estudante de direito.
Ele era o advogado mais temido do estado.
Prestes a se formar com honras, Kate se viu imersa no mundo do Direito civil, antes mesmo de estar com seu diploma em mãos. Conhecendo o trabalho do Dr. Gabe Szaloki, ela foi pega, inesperadamente, em uma onda avassaladora de atração, mas ainda assim relutou a se permitir viver esse tórrido romance. Porém, Gabe não era imbatível apenas nos tribunais. Ele queria Kate a qualquer custo e mostraria a ela porque ele sempre saía vitorioso em seus casos.
Em meio a casos jurídicos, os dois se enfrentam em um duelo de palavras, que serve apenas para acender a chama incandescente que Gabe sente por Kate. Kate se vê seduzida pouco a pouco pelo poderoso advogado, entregando seu coração de maneira despretensiosa.
Maquinações invejosas, um conflito e um mal entendido fazem com que os dois se afastem. E quando a verdade vem à tona, Gabe tem que provar que seu amor por Kate é simplesmente absoluto.


É escrita na terceira pessoa, o que achei uma pena. Um romance clichê, que aliás, não me importo, mas com personagem com personalidade. Em um ambiente jurídico, dando um toque intelectual e formal, mas leve pelo tipo de escrita, que por isso, flui muito bem. O que flui bem também é a química entre Kate e Gabe, mas a princípio Gabe apesar de ser um “deus grego”, não é lá muito gentil ou simpático(a princípio), já a Kate é mais queridinha. Mas química é química, e, se está escrito aqui, vou topar a brincadeira e acreditar, porque esse é um livro para distrair e relaxar.

Apesar de ser uma história bonitinha, ficou meio superficial. Os sentimentos não foram bem descritos, não é um casal que você ame e torça por eles. Eles estão distante do leitor. O fato de ser narrado na terceira pessoa colaborou para isso. Até as cenas mais sensuais foram fracas. Mesmo assim a história a certa altura foi trabalhada de forma a dar mais emoção, com uma reviravolta e tudo mais, tanto é que no finalzinho o casal já conquista o leitor.
Uma escrita sem frescura e mimimi dos personagens. Se fosse uma conversa eu diria que foi rápida e rasteira hehehehe… Foi uma gostosa distração, até recomendo, mas não espere nada muuuuito elaborado.
Bjoo


Livro: Édes Um Momento Especial - Trilogia da Lei 1.5
Autor: M.S. Fayes
2 estrelas

Sinopse:
Um epílogo romântico criado para um desfecho lindo para Gabe Szaloki e sua Kate.

Ainda estou tentando entender porque a autora separou o epílogo do livro.
E não gostaria que meu noivo fizesse isso comigo, não achei romântico.

Um Caso Perdido

Livro: Um Caso Perdido - Hopeless #1
Autor: Colleen Hoover
Editora Galera Record
384 páginas
5 estrelas

inopse:

Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras...
Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.







História narrada na primeira pessoa (acho que gosto assim) por Sky. A primeira impressão é que ela não é lá muito bem comportada e seus valores são confusos. Mas com o desenvolvimento da história Sky revela não ser nada boba nem infantil, ao contrário, é inteligente e tem a cabeça bem no lugar. Apesar do início de amizade com Holder ser bem conturbado, eles já vão dando dicas do rumo em que as coisas tomarão, e enchem o leitor de expectativa.
No início do livro, Six, a melhor amiga de Sky, escreve uma carta de despedida – ela vai viajar em um intercâmbio – e através dessa carta descobrimos o caráter e coração de Sky. Uma linda carta de amor e amizade.
As coisas vão acontecendo e Colleen Hoover com sua escrita vai nos envolvendo, aliás, sua escrita é excelente, acho que é meio que uma varinha de condão hehehehehehe… de repente a leitura flui, você já está torcendo pelo casal, está curiosa pelos acontecimentos, como eu disse, ficamos envolvidos. E depois que eles conseguem se acertar, o relacionamento deles é puro carinho e sintonia. A gente passa a amar o casal mais ainda.
Ri muito quando Sky enviou uma mensagem meio “delicada” para pessoa errada, por não saber mexer direito no celular, até eu fiquei com vergonha. Já fiz isso, é ruim pra caramba hehehehehe…
Agora fiquei chocada com a revelação de Holder! Isso já no meio do livro. Nunca, nunca passou nada parecido na minha cabeça. Gosto assim. Só que o que ele revela, é a ponta do iceberg, a coisa é bem pior. A verdade é horrível, dessas de deixar a boca amarga e um peso no coração. Mas o cuidado, carinho e amor que Holder cuida dela, é lindo. E Sky é forte, muito forte.
O final é lindo, como todo o livro. Um livro com história e conteúdo.
Amei e super recomendo!!

Bjoo

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Destinado

Livro: Destinado  As Memórias Secretas do Sr. Clarke Série Perdida # 3
Autora: Carina Rissi
Editora Verus
462 páginas
4 estrelas

Amo essa capa.
Sinopse:
Ian Clarke é um homem de sorte e sabe muito bem disso. Ele encontrou a felicidade que tanto almejava ao lado de sua amada (e complicada) Sofia. Não que tenha sido fácil — mas o que é simples quando o assunto é sua esposa? O destino tem sido gentil, e por essa razão Ian se esforça tanto para ser um bom marido, um bom pai, um bom irmão. 
Entretanto sua felicidade começa a ruir no baile de aniversário de sua irmã, Elisa. Ian assiste, impotente, enquanto sua vida perfeita se transforma em uma terrível catástrofe. A noite é desastrosa, e Elisa, a menina que ele jurou proteger, se torna alvo de um escândalo. 
Mas o pior ainda está por vir. Um assunto do passado, um pesadelo que há muito o persegue, retorna para assombrá-lo. Aterrorizado com a possibilidade de perder Sofia outra vez, Ian segue seu coração na tentativa de proteger a mulher que ama, sem se importar com as consequências. Ele só não suspeitava de que o preço a pagar seria tão alto...
Em Destinado: as memórias secretas do sr. Clarke, os leitores vão conhecer um novo capítulo da arrebatadora história de amor de Ian e Sofia — desta vez pela perspectiva desse cavalheiro que conquista corações por onde passa.


Agora a história é narrada por Ian, diferentemente dos dois primeiros volumes da série que foi narrado por Sofia.
Ian na sua narração vai e volta no tempo, nas lembranças e nos dias “atuais”. A escrita de Carina Rissi é simples, mas envolvente e nos leva a sentir os personagens de perto, gosto disso.
Ainda apaixonado por Sofia, ele a descreve de forma tão… tão… ai nem sei! Será que existe um homem na face da terra que pensa assim de uma mulher? Sem nada obsceno, com amor, com esse amor...
Meu fluxo sanguíneo se refugiou na virilha. Eu a observei... não, eu a bebi, como um homem sedento perdido no deserto ao se deparar com uma lagoa cristalina. E estava louco para mergulhar”. (Ahhh se fosse comigo Ian iria mergulhar muito! (Janiiiiise!! 'desculpa')).
Mas como já citei, Ian narra coisas do seu passado, mas tem horas que essas lembranças vêm na hora “errada”, bem no meio de um acontecimento que a gente tem pressa que se resolva, irrita, não sei se foi essa a intenção da Carina Rissi, mas foi isso que ela conseguiu. (Agora que ninguém nos ouça, uma das horas que fiquei irritada, também ri, foi quando ele lembrou o que precisou fazer para conseguir matar o desejo da Sofia por chocolate, quando estava grávida).
O que fica acontecendo com Ian é muito chato (tadinho). Sei que tive vontade de ler mais rápido para acabar com as partes “abobrinhadas”. Tá bom, confesso, o problema sou eu. Eu que não gostei do rumo que a história tomou, isso porque não achei que o argumento usado pela autora teve base, não achei que se sustentasse. Bem, isso até no momento dos esclarecimentos, quando a autora deixa tudo explicadinho e aí tudo se encaixa.
A parte dele ser “destinado” para amar Sofia (e vice versa) é muito fofo. Agora a parte de Elisa, a irmã de Ian, ficou incompleta e sem graça. Será que tem continuação com ela? Acho que seria uma linda história, porque Lucas é um amorzinho, assim como ela.
Gostei muito de ler e recomendo.
Ahh no final me rendi a Sofia, graças ao príncipe Ian!
Bjoo

Filho Dourado

Livro: Filho Dourado - Fúria Vermelha livro 2
Autor: Pierce Brown
Editora: Globo Livros
549 páginas
5 estrelas

Sinopse:
Dois anos após a conclusão do Instituto, o jovem descobrirá que se infiltrar na elite da sociedade e destruí-la por dentro será mais difícil do que parece. Sua primeira vitória atraiu novos inimigos que usam a intriga e a política em vez das armas. E ele terá que aprender a combatê-los.


A mistura de crítica social, ação, distopia e cultura pop que conquistou os leitores em Fúria Vermelha vai além no segundo volume. Novos personagens entram em cena, as disputas chegam a novos pontos do sistema solar. O autor criou uma trama emocionante e cheia de reviravoltas que prendem o leitor até a última página.

Pierce Brown criou um universo fascinante que mistura viagens espaciais, colônias interplanetárias e alta tecnologia com a mitologia grega. O primeiro livro da trilogia, Fúria Vermelha, será adaptado para o cinema por Marc Forster, diretor de Guerra mundial Z.

Pierce Brown mantém a mesma proposta do primeiro livro, Fúria Vermelha, uma história com ritmo e ação, muita ação nesse livro. Agora já com tudo o universo “novo” assimilado a leitura flui, graças a escrita excelente de Brown.
Com isso a vida de Darrow também continua com ritmo e ação, o que não quer dizer que sempre sejam coisas boas, esse é um “mocinho” que se lasca legal! Tem momentos que aperta o coração com as coisas que acontece com ele, porque a gente espera algo totalmente diferente. Brown com certeza pegou umas aulas com George R. R. Martin, mas quis fazer um pouco diferente, no lugar de matar faz o cara sofrer. E fez assim, o cara sofre pra caramba. E tem horas que ele irrita o leitor, quando a gente sabe que algo vai acontecer e ele começa a descrever o cenário sem pressa, na maior calma, caramba!!! Mas na hora das lutas… ahhh na hora das lutas, a gente chega a perder a respiração no meio dos movimentos e golpes. É muito bom, sem brincadeira, é de prender a respiração! Mas mal acabando uma confusão, outra surge. A vida de Darrow não é nada entediante, excelente para o leitor e coitado dele (ainda não sei se é coitado do leitor ou do personagem).
Em um dos momentos que Darrow consegue respirar ele diz consigo: “Estou mijando na porra do meu traje”. O negócio não é fácil para ele, aliás, nunca é. E os momentos que antecedem a guerra são tensos, o autor trabalha em nossos nervos, sem brincadeira! E a guerra? O que é isso? Meu Deus! Quase tenho um ataque. Darrow faz com que eu me lembre de Rocky Balboa (Com Sylvester Stallone) que leva uma surra lascada, até quase morrer, e só no finalzinho ganha a luta, bem, Rocky ganha a luta agora Darrow.... “Mó” canseira, tadinho…
Também tem umas partes mais calmas, carinhosas, como quando ele se entrega ao finalmente ao novo amor. A parte linda, quando encontra a mãe…
Agora… A G O R A o final! Só falando um palavrão bem grande e deixando a boca cair!! Gente, Darrow é um fu… fu… fumado hehehehehehe coitado… Você não vai acreditar no final, nunca!! Não, ele não morre, ou será que morre? Eita!
Amei tudo nesse livro, apesar do desespero hehehehe Não é um livro comum, onde o “mocinho” se dá bem ou é um príncipe encantado (mas cá entre nós, após que era lindão!!).
Agora é aguardar o terceiro livro, ai que desespero!!!
RECOMENDO.
Bjoo

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

A Verdade Sobre Nós

Livro: A Verdade Sobre Nós
Autor: Amanda Grace
Editora Intrínseca
208 páginas
3 estrelas
Sinopse:
Madelyn Hawkins está cansada. Cansada de ser sempre perfeita. Cansada de tirar A em tudo. Cansada de seguir à risca os planos que os pais fizeram para ela. Madelyn Hawkins está cansada de ser algo que não é, algo que não quer ser. E então ela conhece Bennet Cartwright. Inteligente, sensível, engraçado. A seu lado, ela se sente livre e independente. Uma história que poderia muito bem ter um final feliz, não fosse por um detalhe: Maddie tem apenas 16 anos, e Bennet, além de ter 25 anos, é seu professor. Pressionada pelos pais a participar de um programa para jovens talentos, Maddie pula dois anos do Ensino Médio e vai direto para a faculdade, onde conhece e se apaixona pelo professor de biologia. O sentimento é recíproco, e para dar uma chance àquele novo relacionamento que lhe faz tão bem, ela decide não contar para Bennet sua idade. Não demora muito para que as coisas comecem a dar errado, e as consequências da farsa de Maddie ganham contornos devastadores quando a verdade vem à tona. 
 A verdade sobre nós é o quinto livro de Amanda Grace, pseudônimo de Mandy Hubbard, e sua estreia na ficção adulta. A história do romance proibido é narrada como uma carta que Madelyn escreve para Bennet, o professor, ao mesmo tempo uma declaração de amor e um pedido de desculpas.


A história é narrada na primeira pessoa, é Madelyn que conta sua história em uma espécie de carta desabafo, com um tom de melancolia. A escrita de Amanda Grace é leve, tranquila e só não flui melhor devido a tristeza que há por trás das palavras, mas elas nos levam a querer saber o porquê. Mas quando eu digo que não flui melhor é porque passamos a “ouvir” o relato de Madelyn, nos importar com ela. Eu me senti assim.
O livro já começa deixando claro que eles já não estão mais junto, digo, Madelyn e Bennet, o que de certo modo desanima uma romântica na leitura, mas sempre há uma curiosidade para saber o que aconteceu e é isso que incentiva a leitura. O fim já está no início, mas é bom saber o que aconteceu.
Gostei de ler, me distraiu da última leitura ruim.
Bjoo

Trilogia Irrevogável

Livro: Última Chance - Trilogia Irrevogável - Vol 1 
Autor: Tatiane Dunkel
310 páginas
2 estrelas

Sinopse:

Rico, lindo e popular o jovem Christopher não mede esforços para se divertir e conseguir o que deseja. No seu caminho esta Annabelle Collins, uma garota doce e forte que após a morte dos pais foi adotada pela família Lewis e se tornou o objeto de ira e desprezo de Christopher, por quem é perdidamente apaixonada. Incentivado por uma aposta e seu próprio ódio Christopher usa e humilha Annabelle sem piedade, deixando uma marca profunda na jovem e despertando um sentimento até então desconhecido nele. Cinco anos se passam e um golpe do destino muda drasticamente a vida de Christopher o deixando nas mãos da pessoa que menos poderia esperar. Uma história sobre amizade, superação e amor. Se não for por amor que seja pela dor.


Narrada pelos dois protagonistas, Annabelle e Christopher, alternadamente, Tatiane Dunkel em sua escrita simples, direta e fluida, vai revelando a personalidade de cada um, ou seja, ele é babaca e ela é idiota, nesse exato momento o leitor se depara com a seguinte decisão a ser tomada: Paro porque isso é besta demais ou continuo para ver onde vai dar essa idiotice? Pois é, como eu não sou muito normal, pago pra ver (não ri não!).
Pois bem, na continuação da história, Tatiane Dunkel nos envolve com uma leitura deliciosa e leve, nada complicado, leitura para relaxar e sem compromisso. Quase na metade do livro a gente vai percebendo mais a personalidade de Anna e Christopher, agora ela é só boba, mas queridinha, e, ele além de babaca é idiota, ia acrescentar besta, mas acho que até o final do livro ele ganha esse título (isso porque estou lendo e comentando, acho melhor desabafar a raiva na hora hehehehehe… e não ri não!)
E continuando a leitura a coisa fica feia para Christopher e em seu momento de tristeza e desespero a única coisa que a gente consegue pensar é: Vai seu besta!!! (hehehehehehe…).
Agora vou abrir um parêntese aqui para usar um vocabulário nada literário, mas os termos da leitora surpresa, se não quiser ler pode pular.(Caraca véi! A Tatiane Dunkel arrebentou na dramaticidade!! O que é isso minha gente? Cara, ainda estou tentando descobrir se ela foi criativa ou apelou!! E eu, será que gostei?? Hummm).
Voltando… Tatiane Dunkel dá uma reviravolta na história interessante ou desesperada, quem sabe? Um final estranho, mas a história continua no próximo livro e é pra lá que vou!! Hehehehehe…
Bjoo


Livro: Último Adeus – Trilogia Irrevogável - Vol 2
Autor: Tatiane Dunkel
282 páginas
2 estrelas
Sinopse:
Christopher recebe a chance que tanto pediu e agora tenta reconstruir uma vida ao lado de Annabelle.
Só que as coisas não serão tão fáceis quanto ele gostaria.
Em meio aos planos para o futuro e reconquistar a confiança da mulher que ama, Christopher terá que lidar com os fantasmas do seu passado e lutar consigo mesmo para não sucumbir as pressões da sua antiga vida.

Pode um amor resistir as sombras do passado? 



Lá vamos nós para o segundo livro. Christopher e Sofia ainda ficam num lenga lenga de tempo para “ter certeza”, haja paciência, mas tudo bem, o rapaz está se redimindo, então vamos dar um desconto pra ele. Agora a dona Tatiane Dunkel acrescentar um detalhe do passado, ai doeu! Ficou muito falso, forçado.
Nesse livro a autora foi um tanto infantil em alguns de seus argumentos, faltou criatividade (não vou dizer inteligência para não ofender, mais) para convencer o leitor de alguns fatos.
Ai, é tanto “eu te amo” que até eu que sou super romântica enjoei. Fico até torcendo por uma briga! Mentirinha (ou não).
É taaanto sexo, não que eu fique constrangida, já passei dessa fase, mesmo porque as cenas não são descritas em seus pormenores. Só fico imaginando se algumas “partes” deles são algum de metal resistente. Fico é com inveja de tamanha resistência a atrito!
Um livro com 282 páginas, mas se desse uma enxugada, tirando as inutilidades como momentos felizes (pois é, momento feliz pra mim tem que vir na última página, e meu humor não está bom hehehehe) e invenções tolas para preencher espaço, restariam umas 140 páginas de história, acho ficaria melhor. Sorte é que os personagens são agradáveis, incluindo os amigos. Isso foi trabalhado melhor.
Mas não cheguei a desanimar de ler o terceiro livro, vamos ver o que me aguarda! Bom, pelo menos espero que o último seja o melhor de todos, hummm nada de expectativas Janise!!
Bjoo


Livro: Última Promessa – Trilogia Irrevogável - Vol 3
Autor: Tatiane Dunkel
293 páginas
1 estrela


Sinopse:
Com o passado finalmente esclarecido, Christopher e Annabelle se sentem prontos para retornar e lidar com as consequências de tudo o que ocorreu na ausência deles. Conforme se acostumam com a nova rotina e responsabilidades, eles precisam lidar novamente com a falta de confiança e seus próprios medos. 
Entre uma gravidez e um casamento, eles enfrentarão seu maior desafio e terão que provar de uma vez por todas, que no fim, o que mais importa, é o amor.





Esse livro por dentro
Chegamos ao terceiro e último livro da trilogia Irrevogável e Tatiane Dunkel continua mesmo esquema, ou seja, nada acontece no início, tudo continua no mesmo marasmo por quase metade do livro, depois da metade, bem… não acontece nada também, mas é recheado de sexo.
O livro parece um carro velho em velocidade baixa na via de alta velocidade hehehehehe…
Muitas, muitas palavras para escrever sobre nada, e isso é um feito admirável!
Ufa, acabou!!
Bjoo


terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Encontrada

Livro: Encontrada,  À Espera do Felizes Para Sempre – Série Perdida # 2
Autora: Carina Rissi
Editora Verus
476 páginas
4 estrelas
Sinopse:
Sofia está de volta ao século dezenove e mais que animada para começar a viver o seu final feliz ao lado de Ian Clarke. No entanto, em meio à loucura dos preparativos para o casamento, ela percebe que se tornar a sra. Clarke não vai ser tão simples quanto imaginava. 
As confusões encontram a garota antes mesmo de ela chegar ao altar — e uma tia intrometida que quer atrapalhar o relacionamento é apenas uma delas. Além disso, coisas estranhas estão acontecendo na vila. Ian parece estar enfrentando alguns problemas que prefere não dividir com a noiva.
Decidida, Sofia fará o que estiver ao seu alcance para ajudar o homem que ama. Ela não está disposta a permitir que nada nem ninguém atrapalhe seu futuro. Porém suas ações podem pôr tudo a perder, e Sofia descobre que a única pessoa capaz de destruir seu felizes para sempre é ela própria.
Em Encontrada: À espera do felizes para sempre, Carina Rissi traz de volta o mundo apaixonante de Ian e Sofia, nos permitindo mergulhar mais uma vez nesta maluca e envolvente história de amor.


Sinceramente não sou fã da Sofia, acho ela vulgar e não muito inteligente, para alguém do século 21, que tem curso superior e bem pouca educação. Mas Carina Rissi é escritora e envolve a gente na história, nas trapalhadas da Sofia e nos encanta com Ian. Momento de confissão: só prossegui na leitura por ele, por Ian, e, porque deixei Carina Rissi fazer minha cabeça, pois a escrita dela é solta, leve e fluida. Tem pesquisa e cuidados com a época, não é ingênua na escrita.
Mas quando li esse texto abaixo, um episódio antes do casamento, quando Ian lia Orgulho e Preconceito para Sofia, fiquei mas tranquila por ela reconhecer (não que tenha me feito gostar dela):
... Eu só tava aqui pensando que… — engoli em seco, remexendo no anel em meu dedo anular. — Eu não sou, em muitos aspectos, uma garota indicada para ser a esposa de alguém. Sou muito pior que a Lizzie — apontei o livro com a cabeça. — Eu não tenho dinheiro, família, dote nem bons modos para este século, nem sei direito como me dirigir às pessoas e...”
Mas Sofia não sossega, realmente não gosto dela, não tenho muita tolerância para mulher que não usa a inteligência. Ela continua as trapalhadas na vida de Ian, mesmo depois do casamento.
Na verdade, e é o que Ian afirma e deixa bem claro, que ama Sofia exatamente do jeito que ela é, justamente por ser como ela é. Ian é um príncipe encantado, sem dúvida alguma. Totalmente “apaixonável” (me apaixonei).
Esse é um livro de sorrisos, trapalhadas, amizade, amor e no final uma surpresinha.
Uma delícia de livro, inclusive já estou até com mais paciência com a Sofia.
E ainda tem o outro livro da série, Destinado, ouvi ótimos comentários, vou verificar para saber se é verdade.
Bjoo