Páginas

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Destinado

Livro: Destinado  As Memórias Secretas do Sr. Clarke Série Perdida # 3
Autora: Carina Rissi
Editora Verus
462 páginas
4 estrelas

Amo essa capa.
Sinopse:
Ian Clarke é um homem de sorte e sabe muito bem disso. Ele encontrou a felicidade que tanto almejava ao lado de sua amada (e complicada) Sofia. Não que tenha sido fácil — mas o que é simples quando o assunto é sua esposa? O destino tem sido gentil, e por essa razão Ian se esforça tanto para ser um bom marido, um bom pai, um bom irmão. 
Entretanto sua felicidade começa a ruir no baile de aniversário de sua irmã, Elisa. Ian assiste, impotente, enquanto sua vida perfeita se transforma em uma terrível catástrofe. A noite é desastrosa, e Elisa, a menina que ele jurou proteger, se torna alvo de um escândalo. 
Mas o pior ainda está por vir. Um assunto do passado, um pesadelo que há muito o persegue, retorna para assombrá-lo. Aterrorizado com a possibilidade de perder Sofia outra vez, Ian segue seu coração na tentativa de proteger a mulher que ama, sem se importar com as consequências. Ele só não suspeitava de que o preço a pagar seria tão alto...
Em Destinado: as memórias secretas do sr. Clarke, os leitores vão conhecer um novo capítulo da arrebatadora história de amor de Ian e Sofia — desta vez pela perspectiva desse cavalheiro que conquista corações por onde passa.


Agora a história é narrada por Ian, diferentemente dos dois primeiros volumes da série que foi narrado por Sofia.
Ian na sua narração vai e volta no tempo, nas lembranças e nos dias “atuais”. A escrita de Carina Rissi é simples, mas envolvente e nos leva a sentir os personagens de perto, gosto disso.
Ainda apaixonado por Sofia, ele a descreve de forma tão… tão… ai nem sei! Será que existe um homem na face da terra que pensa assim de uma mulher? Sem nada obsceno, com amor, com esse amor...
Meu fluxo sanguíneo se refugiou na virilha. Eu a observei... não, eu a bebi, como um homem sedento perdido no deserto ao se deparar com uma lagoa cristalina. E estava louco para mergulhar”. (Ahhh se fosse comigo Ian iria mergulhar muito! (Janiiiiise!! 'desculpa')).
Mas como já citei, Ian narra coisas do seu passado, mas tem horas que essas lembranças vêm na hora “errada”, bem no meio de um acontecimento que a gente tem pressa que se resolva, irrita, não sei se foi essa a intenção da Carina Rissi, mas foi isso que ela conseguiu. (Agora que ninguém nos ouça, uma das horas que fiquei irritada, também ri, foi quando ele lembrou o que precisou fazer para conseguir matar o desejo da Sofia por chocolate, quando estava grávida).
O que fica acontecendo com Ian é muito chato (tadinho). Sei que tive vontade de ler mais rápido para acabar com as partes “abobrinhadas”. Tá bom, confesso, o problema sou eu. Eu que não gostei do rumo que a história tomou, isso porque não achei que o argumento usado pela autora teve base, não achei que se sustentasse. Bem, isso até no momento dos esclarecimentos, quando a autora deixa tudo explicadinho e aí tudo se encaixa.
A parte dele ser “destinado” para amar Sofia (e vice versa) é muito fofo. Agora a parte de Elisa, a irmã de Ian, ficou incompleta e sem graça. Será que tem continuação com ela? Acho que seria uma linda história, porque Lucas é um amorzinho, assim como ela.
Gostei muito de ler e recomendo.
Ahh no final me rendi a Sofia, graças ao príncipe Ian!
Bjoo