Páginas

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Encontrada

Livro: Encontrada,  À Espera do Felizes Para Sempre – Série Perdida # 2
Autora: Carina Rissi
Editora Verus
476 páginas
4 estrelas
Sinopse:
Sofia está de volta ao século dezenove e mais que animada para começar a viver o seu final feliz ao lado de Ian Clarke. No entanto, em meio à loucura dos preparativos para o casamento, ela percebe que se tornar a sra. Clarke não vai ser tão simples quanto imaginava. 
As confusões encontram a garota antes mesmo de ela chegar ao altar — e uma tia intrometida que quer atrapalhar o relacionamento é apenas uma delas. Além disso, coisas estranhas estão acontecendo na vila. Ian parece estar enfrentando alguns problemas que prefere não dividir com a noiva.
Decidida, Sofia fará o que estiver ao seu alcance para ajudar o homem que ama. Ela não está disposta a permitir que nada nem ninguém atrapalhe seu futuro. Porém suas ações podem pôr tudo a perder, e Sofia descobre que a única pessoa capaz de destruir seu felizes para sempre é ela própria.
Em Encontrada: À espera do felizes para sempre, Carina Rissi traz de volta o mundo apaixonante de Ian e Sofia, nos permitindo mergulhar mais uma vez nesta maluca e envolvente história de amor.


Sinceramente não sou fã da Sofia, acho ela vulgar e não muito inteligente, para alguém do século 21, que tem curso superior e bem pouca educação. Mas Carina Rissi é escritora e envolve a gente na história, nas trapalhadas da Sofia e nos encanta com Ian. Momento de confissão: só prossegui na leitura por ele, por Ian, e, porque deixei Carina Rissi fazer minha cabeça, pois a escrita dela é solta, leve e fluida. Tem pesquisa e cuidados com a época, não é ingênua na escrita.
Mas quando li esse texto abaixo, um episódio antes do casamento, quando Ian lia Orgulho e Preconceito para Sofia, fiquei mas tranquila por ela reconhecer (não que tenha me feito gostar dela):
... Eu só tava aqui pensando que… — engoli em seco, remexendo no anel em meu dedo anular. — Eu não sou, em muitos aspectos, uma garota indicada para ser a esposa de alguém. Sou muito pior que a Lizzie — apontei o livro com a cabeça. — Eu não tenho dinheiro, família, dote nem bons modos para este século, nem sei direito como me dirigir às pessoas e...”
Mas Sofia não sossega, realmente não gosto dela, não tenho muita tolerância para mulher que não usa a inteligência. Ela continua as trapalhadas na vida de Ian, mesmo depois do casamento.
Na verdade, e é o que Ian afirma e deixa bem claro, que ama Sofia exatamente do jeito que ela é, justamente por ser como ela é. Ian é um príncipe encantado, sem dúvida alguma. Totalmente “apaixonável” (me apaixonei).
Esse é um livro de sorrisos, trapalhadas, amizade, amor e no final uma surpresinha.
Uma delícia de livro, inclusive já estou até com mais paciência com a Sofia.
E ainda tem o outro livro da série, Destinado, ouvi ótimos comentários, vou verificar para saber se é verdade.
Bjoo