Páginas

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

O Pássaro

Livro: O Pássaro
Autor: Samanta Holtz
Editora Novo Século
368 páginas
1 estrela e olhe lá!

Sinopse:
Uma história romântica e surpreendente que irá prender sua atenção desde a primeira página. Você está preparado? Caroline Mondevieu é filha de um poderoso barão e tem tudo o que uma dama da época poderia querer: status, riqueza e um ótimo partido para se casar. Seus sonhos, no entanto, vão muito além de vestidos caros ou um bom marido; ela quer ser dona do próprio destino. Tudo parece perdido quando ela encontra Bernardo, um charmoso e irritante domador de cavalos. Eles não conseguem se entender até perceberem que, para alcançar o sonho em comum da liberdade, deverão passar por cima das diferenças e se unirem em um arriscado plano que promete transformar suas vidas para sempre. Grandes emoções os aguardam nessa jornada: perseguição, mistérios, ciganos e o despertar de um sentimento que insiste em se manter escondido. Mas o que parece tão simples envolverá mais magia e coincidências que eles podem imaginar, além da descoberta de segredos, até então, muito bem guardados.

A história é narrada na terceira pessoa. Os diálogos logo no início são tolos, colocando um amadurecimento a uma menina de 7 anos que nem nos dias de hoje ela teria. Forçou muito, ficou mais falso que amigo apaixonado pela namorada do melhor amigo. Os diálogos são fracos, uma tentativa frustrada de “amarrar” a história.
E cá entre nós, feminismo em 1227?? Uma menina de 7 anos?
Faltou pesquisa, argumentos para Samanta Holtz. Ficou um texto imaturo e claramente desprovido de conhecimento, fiquei impaciente e insatisfeita, muito insatisfeita. Quem tem paciência para rebelde sem causa? E sem causa mesmo, pois não foi apresentado absolutamente nada que sustentasse a rebeldia da protagonista e ainda digo mais, ela é chata, irritante e idiota. Fiquei feliz quando levou a segunda surra do pai. Yes!
E a coisa só piora, a autora coloca coisas mais tolas no meio e termina pior ainda. Li na marra, para não abandonar um livro logo no início. Fico abismada como no Skoob a nota dele é 4.
Se quiser ler, leia, eu não recomendo.
Ufa!
Bjoo