Páginas

domingo, 31 de janeiro de 2016

Redenção e Submissão

Livro: Redenção e Submissão - Redenção # 2
Autor: Nana Pauvolih
Editora Rocco
440 páginas
3 estrelas

Resumo:
Matheus, mais conhecido por Matt, forma com Arthur e Antônio o trio de amigos inseparáveis desde a infância. Já na adolescência, o grupo começou a descobrir os prazeres do sexo e da realização das fantasias frequentando o clube Catana. Matt se tornou um dos mais admirados e respeitados Dom, como são conhecidos os dominadores nos clubes de BDSM, sigla que envolve "Bondage, Disciplina/Dominação, Submissão/Sadismo e Masoquismo". Uma verdadeira máquina de sedução especializado em Shibari, a técnica oriental de imobilização, que deixa as submissas encantadas. 

O desejo de dominação e o prazer em ter uma mulher submissa de forma consensual não o impediam de ser um cara romântico, que sonha em casar e ter filhos. 

Mas enquanto não encontra o par pefeito, Matt vai se divertindo no clube Catana. E é justamente lá que ele conhece Sophia, uma típica dominatrix, também apreciadora das práticas de BDSM. Ambos eram muito parecidos em seus desejos e vontades. O convívio dos dois torna-se uma imensa atração sexual. Não demora muito para descobrirem que um sentimento mais profundo está em jogo. Mas antes disso, segredos devem vir à tona e a troca de confiança se tornar uma realidade. O que será um processo difícil para Sophia, que ainda hoje não lida bem com traumas do passado. Mas Matt é conhecido pela persistência e resolve investir na relação depois de descobrir o poder de Sophia em despertar o que havia de mais intenso e desconhecido em seus sentimentos.



Obs.:BDSM, é uma sigla que representa várias práticas e expressões eróticas: Bondage e Disciplina (B/D), Dominação e submissão (D/s) e Sadismo e Masoquismo (S/M).



Olha vou falar a verdade, aliás, sempre falo. Nem sei falar como é a escrita da Nana Pauvolih, deve ser boa, porque li bem rápido e entendi tudo beeeeem claramente hehehehe… mas o livro é escrito na primeira pessoa na visão de Matt e de Sophia (isso eu lembro!)

Eu ri viu! Tinha hora que eu falava comigo:
_ É ruim heim, meu amigo!!!!
_ Sai fora!
_ O quê???
_ Dá pra fazer isso?
_ Ai que calor!!
_ Ahh isso eu deixava!
_ Hummmmm
_ Eita!
_ De novo?
Pois é, foi uma variedade de pensamento (nem vou falar dos sentimentos, muito íntimo! hehehehe). Usamos sempre nossos valores e caráter como base para nossos sentimentos e opiniões, ou, deveríamos. Esse livro conta uma história de amor de procura, entrega, superação, aceitação, tudo regado a muito sexo e beeem descrito. Quando alguma coisa não faz parte do seu comum costuma a chocar ou incomodar, quem sabe até achar engraçado. A curiosidade é muito interessante e se você der mão a ela, você será levado por onde quer que ela vá, por isso é bom levar consigo o bom senso e razão. Por que digo isso? Por que gostei do livro, achei engraçado, mas não por ser cômico, mas fora da minha realidade (pelo menos algumas partes, e nem vem que não vou contar!), fiquei meio que chocada por não entender certos desejos, mas isso é pessoal e não fico muito pensando em porquês. Na verdade eu não vi (li) nada que de fato fosse “oh meu Deus!!”. Agora, não é um livro para menores de 18 anos e para as todas “puras salve, salve”; mas já conheci meninas de 18 mais “esperta” que eu e “santinhas” bem safadas, por isso...
Esse é o segundo livro da trilogia Redenção, não sabia, achei que era livro único. Se vou ler os outros? Quem sabe. Ahh quer que eu leia e venha contar né? Safadinha! Hehehehe…
Se optarem por essa leitura, adianto, é uma aventura interessante. Quem não conhece vai aprender e quem conhece vai se deleitar. Usem um protetor de calcinha e boa leitura!!
Bjoo