Páginas

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Louca para Casar

Livro: Louca para Casar
Autor: Sophie Kinsella
348 páginas
Editora Record
2 estrelas


Sinopse:
Milly está a quatro dias de um casamento digno de contos de fada com Simon, um jovem rico por quem é perdidamente apaixonada. É a cerimônia mais aguardada do ano pela alta sociedade, mas um detalhe pode pôr tudo a perder. Dez anos antes, Milly se casou com um amigo americano gay para que ele vivesse na Inglaterra com o parceiro, mas logo ambos perderam o contato e nunca se divorciaram. Tudo permaneceria em segredo se não fosse a chegada de Alexander, o fotógrafo, que por acaso também presenciou a primeira união. Agora ela terá que correr contra o tempo para encontrar o “marido” e obter o divórcio antes que todos descubram que a noiva, na verdade, já é casada. 

Narrado na terceira pessoa, Kinsella, já no início da escrita marca um ritmo de leitura, por outro lado, ela trabalha com o pensamento e sentimentos de muitos personagens, o texto fica saltando de lugar a todo momento.
Começa praticamente com o primeiro casamento de Milly para ajudar um americano gay, e que nunca mais o vê. Essa passagem é bem rápida, acredito que ela só é mesmo contada para introduzir Alexandre na história, porque ele testemunhou esse casamento.
Fiquei com raiva da Milly quando ela burramente foi buscar com conselho com Esme, que não poderia aconselhá-la pior. Gente, com o problema com verdade???? Olha o conselho do “cão”:
“— Querida, essa é uma ideia romântica. Mas uma mulher nunca deve tentar ser franca com um homem. É impossível.”
Sorte que sua irmã Isobel é um pouco (bem pouco mesmo) mais esperta, mas se pensar bem ela é estúpida e Milly é IDIOTA, que raiva dela! Cavalona burra, e Simon, o noivo, é uma besta!! Hehehehehe… pronto, já qualifiquei metade dos personagens, e nem comentei da besta da mãe dela!
Agora Milly precisa achar seu “marido”, o que vai provocar outras situações e sentimentos.
Anteriormente eu qualifiquei quase metade dos personagens, agora vou fazer uma lista mais completa, porque preciso desabafar!!:

Essa história parece uma represa estourada: Milly, é burra burra de “marré deci” tem segredos que causam problemas, a irmã, Isobel, tem segredo que é um problema, a mãe delas é idiota, o pai um babaca, querendo chutar o pau da “barraca”, o noivo, Simon, um besta cheio de mimimi traumatizado, Rupert, o “amigo” de Milly, um gay confuso, o Allan, o “marido” um gay vacilão, Harry o pai do noivo, um safado, Esme, a madrinha da Milly é uma vaca!!… fala sério, personagens para um dramalhão.

            O final é o mais bobo, um casamento fulero hehhehehe
Não é ruim, ruim, mas não recomendo. Se você é do tipo de pessoa que pensa, esse livro não serve para distração.
Bjoo