Páginas

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

O cavaleiro de Ferro

Livro: O cavaleiro de Ferro - Os Encantados de Ferro # 4
Autor: Julie Kagawa
Editora: Underworld
361 páginas
4 estrelas

Sinopse:

Para o príncipe Ash, o amor era uma fraqueza para os mortais e tolos. Sua amada teve uma morte horrível, destroçando qualquer sentimento que o príncipe de Inverno tenha tido. Ou era o que ele pensava. Até Meghan Chase, uma garota meio humana, meio princesa da Corte de Verão, atravessar suas barreiras, tornando-o através de um juramento irrevogável seu cavaleiro. Quando tudo estava desmoronando em Faery por causa do novo Reino do Ferro, ela cortou seu vínculo com o príncipe para salvar a vida de Ash. Meghan agora é a Rainha do Ferro, governante de um reino onde nenhuma das cortes de Inverno ou de Verão pode sobreviver.

Com a (indesejada) companhia de seu inimigo brincalhão da Corte de Verão Puck e o enfurecido Cait Sith Grimalkin, Ash começa uma viagem para encontrar uma forma de honrar a sua promessa solene de ficar ao lado de Meghan. Para sobreviver no Reino do Ferro, Ash deve ter uma alma e um corpo mortal. Mas os testes que ele deve enfrentar para ganhar o que procura são impossíveis. Pelo menos, ninguém nunca viveu para contar a história.

E então Ash descobre algo que muda tudo. Uma verdade que transforma a realidade de cabeça para baixo. Os desafios e seus piores medos mostram-lhe que, às vezes, é preciso mais do que coragem para fazer o sacrifício final.


Agora é a vez do príncipe Ash narrar a história, ótimo para conhecermos o “garoto-gelo”.
Meghan agora é Rainha Iron e tomou o trono no reino de Iron faery. Um lugar onde Ash não poderia seguir – uma criatura faery cuja essência enfraquece, queima e, por fim, mata ao toque do ferro. Agora ele procura uma maneira de tornar possível permanecer com Meghan. E saiu em uma jornada com Puck. E onde Puck está é diversão, pelo menos para o leitor. Eu amo o Puck.
Durante essa busca de Ash por uma alma para se tornar mortal a narrativa no início perde um pouco seu encanto, bem, eu achei isso. Ash não é tão carismático quanto eu gostaria. Também há uma descoberta no meio dessa busca que não gostei, nada a ver, no meu pensar, sobre Ariella, a ex do Ash. Continuo apaixonada pelo Puck. As aventuras continuam, perigos e mais perigos. Tem a parte do sonho de Ash que achei lindo, ele foi meio panaca hehehe… mas eu gostei. Para quem gosta de ação com criatividade.
Quando chega hora dos julgamentos de Ash, a coisa fica feia para ele. Esse passa a tomar consciência do que é ser humano, sem poderes, conhecimento dos seus erros, culpas e mortalidade. Tudo isso cai sobre ele como uma sobrecarga. O fato dele não desistir, comprova o seu amor por Meghan.
O final é lindo, amei e suspirei.
Acabou que no final Ash conquistou meu coração, muito embora Puck… sentirei falta dos dois…
Bjoo e até a próxima!