Páginas

sexta-feira, 25 de março de 2016

Profundo

Livro: Profundo - Caroline e West # 1
Autor: Robin York
Editora Arqueiro
320 páginas
3,5 estrelas

Sinopse:
Caroline Piasecki vê sua vida se transformar em um pesadelo quando o ex-namorado espalha fotos dela nua na internet. De uma hora para outra, sua reputação é arruinada e o futuro promissor que a aguardaria após a faculdade já não parece tão garantido. Desesperada, ela tenta fazer com que as imagens sumam da rede e, ao mesmo tempo, procura se defender da multidão que a julgam.

Um dia, quando um cara que ela mal conhece sai em sua defesa e dá uma surra em seu ex-namorado, tudo muda. À primeira vista, West Leavitt é a última pessoa de quem Caroline deveria se aproximar – ele tem um ar sombrio e ganha a vida de forma ilícita. Ela, por sua vez, é o tipo de garota que West sempre tentou evitar. Rica e privilegiada, jamais entenderia as dificuldades pelas quais ele já passou.

Mesmo com todas as diferenças, os dois se tornam amigos. Com Caroline, West sente que fará de tudo para ser um homem melhor, e ela encontra nele a força para reagir. Quando parece impossível resistir à paixão avassaladora, West e Caroline descobrem que às vezes a única opção que resta é ir mais fundo.


Caroline narra sua história, e que história! O idiota do ex namorado coloca no YouTube fotos dela nua, não somente nua, mas de… bem… digamos de… de boca cheia, pois é. Muito burra, muito burra, até ela reconhece. Mas o estrago está feito e agora é superar. E é o que ela se dispôs a fazer.
Interessante na narrativa da Caroline é que Robin York expõe tudo, tudo mesmo, do que ela pensa.
Depois é vez de West narrar a história. As coisas para ele foram difíceis desde pequeno e ele teve que lutar. Só que com isso ele não teve muito escrúpulos:
...e se eu tiver que cortar caminho ou desobedecer à lei para chegar aonde preciso, tudo bem. Se precisar trocar sexo por dinheiro e oportunidades, ainda vai ser melhor usar meu pau do que desperdiçar minha vida e perder o meu coração
O gostoso na história deles é que já se gostaram desde o primeiro dia em que se viram na faculdade, só que ela tinha namorado e ele não é “boa coisa”. Um evita o outro e se atraem ao mesmo tempo. Acho bonitinho essa palhaçada toda hehehe
Mas eles realmente são de mundos diferentes, mas nem é isso o que os impede de ficar juntos, é algo que no momento em que eles estão vivendo não tem jeito e eles sabem disso e se você ler o livro, também saberá.
O final… bem, o final é de apertar o coração e você fica dizendo: - não… ah, não… não…
Pois é, é isso. Vou ler o segundo que é Intenso, que sabe melhora essa bagaça!
Bjoo