Páginas

quinta-feira, 10 de março de 2016

Sweet

Livro: Sweet - Contornos do Coração # 3
Autor: Tammara Webber
Editora Verus
322 páginas
3,87 estrelas


Sinopse:
Boyce Wynn é um cara ferido e selvagem, mas resiliente. Pearl Frank sempre foi uma garota obediente, mas agora está inquieta. Quando volta para sua cidadezinha, em crise com sua escolha profissional, Pearl tem duas certezas: Boyce é exatamente aquilo que ela deveria evitar — e tudo o que ela mais quer. Ele é rebelde e barulhento. Indiferente ao que as pessoas pensam dele. Intenso. Forte. Perigoso. Mas Boyce tem mais uma característica — algo que ele esconde de todos, exceto de Pearl: ele é doce. Neste volume da série Contornos do Coração, você vai conhecer a história de dois amigos conforme eles descobrem que sempre foram mais que isso — além de rever personagens conhecidos, como Lucas e Jacqueline.



Agora é vez de Boyce( gente ele é ruivo), amigo do Lucas, dos dois primeiroslivros da trilogia. Não sou má, mas o livro já começa com uma morte e o que penso é: demorou, já foi tarde! E também temos Pearl, de quem Boyce (ai ruivo!) sempre teve uma queda desde a escola.
A narração é alternada entre dois. Pearl é frágil e insegura, Boyce é ferido e
intenso. E a “coisa” entre eles é tão bonitinha.


Eu estava sozinha, com saudade de casa, e por alguma razão Boyce era meu lar como ninguém jamais foi” - Pearl

O passado de Boyce (ele é ruivo, ui!) é muito triste e pesado e a da Pearl é pressão, ela foi levada pelos sonhos da mãe, e para se livrar disso não é tão fácil. Boyce (falei?) também fala do seu irmão, que, aliás, iria me apaixonar por ele, tenho certeza (não sei se ele era ruivo).
Mas a história dos dois é linda, começou quando Pearl tinha 5 anos e Boyce(já falei que ele é ruivo?) a salvou de se afogar, e desde dessa época eles vêm se esbarrando: um beijo, um presente, primeira transa, amizade, pensamentos, sentimentos… e há um desencontro entre eles que os mantém afastados, é coisa mais besta, mas “super possível”, não é raivinha, mimimi, nada disso, Tammara Webber soube montar essa história direitinho. Eles são totalmente diferentes, mas se encaixam perfeitamente.
Mas como sabemos, tem sempre alguma coisa para atrapalhar a vida quando tudo está bem, pois é, quando tudo estava bem para Boyce (pois é, ele é ruivo), acontece uma “reviravolta” e coisa se estraga (tadinho do bichinho). Lógico que tudo se resolve, mas achei maior injustiça com Boyce (falei né? É ruivo!).
E as coisas se acertam, se encaixam e… e… surpresa!!! Pois é, aconteceu uma outra coisa que me deixou com o coração não mão. Meus olhos correram na leitura e eu só pensava: meu ruivo, meu ruivo! (acho que gosto de ruivo, desconfio).
O final é muito bonitinho, muito mesmo. Amei a Pearl e o Boyce (sem brincadeira(kkkkkkkkkkk), prefiro os loiros, mas um ruivo…). Sentirei saudade.
Esse que pensei que seria o mais fraco me surpreendeu, foi o melhor de todos.
Recomendo a trilogia, mas lembre-se é leitura para distração, coisa leve e prazerosa.
Bjoo