Páginas

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Adorável Cretino

Livro: Adorável Cretino
Autor: Camila Ferreira
Editora Universo dos Livros
256 páginas
4 estrelas

Sinopse:
Jason Hoffman é um empresário bem sucedido do ramo hoteleiro em Las Vegas. Sua vida se divide entre reuniões de trabalho e festas luxuosas à caça de belas mulheres que possam lhe proporcionar inebriantes noites de prazer. Com uma personalidade atraente e sedutora, ele sabe exatamente o que causa nas mulheres e, por isso, consegue seguir à risca uma de suas regras primordiais: jamais ficar com a mesma mulher por muito tempo.
E, apesar de ser um grande cretino, Jason terá que reconsiderar suas regras, visto que uma única mulher parece não ceder a elas. Hellen Jayne é inteligente, segura de si e sabe se valorizar no que diz respeito ao seu trabalho no meio turístico e aos homens, por isso não se deixa inebriar pelos jogos de sedução de homens tal qual Jason Hoffman. Após se conhecerem em uma festa e o flerte terminar no fundo da piscina, ambos terão de lidar com uma ironia do destino ao se reencontrarem no meio corporativo.

Já no prólogo a gente tem ideia de quem é o Jason e sentimos que ele vai se dar mal, e lá no fundo torcemos por isso. Olha o que o safado fala:
Não quero ser convencido, mas as mulheres são minha especialidade.”
Uma dica muito instrutiva:
...mas elas pensam que somos adivinhas. Não, querida, não somos! Temos duas bolas aqui embaixo e posso garantir que nenhuma delas é de cristal”
E lógico, claro, óbvio que tem uma mulher para acabar com essa arrogância toda, e Hellen tem a minha torcida.
E como eles se conheceram foi “inesquecível”, para ele. Ela deu uma sacaneada bonita nele, só que dois dias depois ela descobre que ele é o chefe dela, pois é clichezão, mas a essa altura não dá para se importar, eu quero ver o “circo pegar fogo”! Hehehehe…
Hellen pega pesado com ele, para nosso divertimento. E você não tem noção de como é divertido, a gente lê rindo (divertido, não de comédia, de dar risada, nada disso). Camila dá uma vida incrível aos personagens, principalmente ao Jason. Você não tem ideia de como é ouvir os papos dele – isso - ele conversa com a gente. É bom, não, muito bom. Esse cretino é maravilhoso!
Bem, vocês sabem que a função de “ex” é só estragar né? Pois é, o cabra sanguinolento sai do outro lado do país só para estragar tudo. Aí tem um momento mimimi de lascar. O bom é que não dura muito, mas a gente fica com o coração na mão devido a situação. (ô Jason, se tia pudesse consolava você. Ops!!).
É lógico, claro, óbvio que tudo se acerta com um final gostosinho, na verdade um final que poderia ter sido resumido, mas conversar com Jason é muito gostoso!
Jason, seu cretino, vou sentir saudade…
Bjoo

Em Tempo: Só queria esclarecer que não tem nada de erótico, nenhuma descrição de cenas libidinosas ou coisa parecida, se você espera isso, lamento. Mesmo assim vale a pena bater um bato com Jason.