Páginas

terça-feira, 19 de abril de 2016

E Ela Acordou Casada

Livro: E Ela Acordou Casada
Autor: Mira Lyn Kelly
Editora Harlequin
256 páginas
3,5 estrelas



Sinopse:
Na manhã seguinte à despedida de solteira de sua prima, Megan Scott acorda com a pior ressaca do mundo. E não é só isso! Além de estar em uma cobertura desconhecida, ao seu lado há um lindo, sensual e arrogante marido? Até agora, arrumar um namorado havia sido praticamente impossível para ela. Ainda que tentasse, conquistava apenas um coração partido. Mas depois de alguns martínis com Carter - não, Connor Reed! ela estava casada. Megan precisava de um advogado. Para a sua surpresa, Connor não queria aceitar o divórcio!





Narrado na terceira pessoa, com uma escrita que flui bem, com uma história leve e descontraída.
O livro começa despertando certa curiosidade, por tal “embaraço” que se encontram Megan e Connor. Só que a história logo retrocede para mostrar o que ocorreu para que eles se encontrassem em tal situação. Que situação? Eles estão casados e ela nem se lembra como aconteceu, pois é. Mas de boba ela não tem nada, pegou maior “peixão”!!
E essa história é “diferente”, mas ainda tem um quê de cliché, porque ele não se casaram por amor, como Connor mesmo afirma:
...O que há entre nós não se baseia em amor”
Mas é lógico, claro, óbvio que não vai ficar nisso né? A coisa piora quando ele não quer o divórcio e quer tentar o casamento, e propõe 3 meses de experiência. Puxa, muito difícil isso: o cara rico, lindo, sarado, gostoso, protetor, prometendo dar o que ela desejar… muito difícil… afff! E a bestona até que aceita, mas diz: - sem sexo. Ahhh vai… vai tomar banho na soda! Vai querer me enganar? O cara beija que ela perde a direção! Isso não acontece comigo, droga!
Ela por algum mistério obscuro, tenta minar a relação, a desculpa dela é que ele faz tudo para dar certo (merece um tiro no pé a essa besta!). Pouco antes do prazo terminar eles se acertam (aleluia!). Aí começa aquela história de que tá dando certo porque não há amor envolvido, e os amigos dizem que eles estão apaixonados.

E com essa história de que o amor “não” faz parte da relação deles, lógico, claro, óbvio que a ex dele aparece. Aí, a “vaca vai pro brejo”! Ex sempre apimenta a relação hehehehe...
Mas sempre depois da tempestade vem a bonança. Connor se aperta, mas ajeita as coisas e nos dá o final que desejávamos.
Uma delícia de distração e diversão. Nada para esquentar a cabeça, só aquecer o coração.
É isso, gostei.
Bjoo