Páginas

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Quando Eu Te Abraçar

Livro: Quando Eu Te Abraçar - Trilogia Ward # 3
Autor: Lucy Vargas
300 páginas
3 estrelas



Sinopse:
Para os Ward a vida sempre é turbulenta.
Depois de lutar contra a separação, Sean e Beatrice descobriram que o final feliz existe. Porém, nada para eles é calmo e previsível. E eles descobrirão que turbulência é tudo que podem esperar do final feliz que terão para suas vidas. O bom é que eles gostam da emoção.

Com o fantasma dos erros do seu passado, a incerteza do futuro e um presente onde ainda lutam pelo amor que os une. Sean e Bea precisam encontrar o caminho que os manterá unidos. Especialmente agora que não são mais os únicos no jogo.
"Se você mudar de ideia e resolver que não era isso que queria quando voltou para mim. Você vai me deixar de joelhos e dessa vez eu não vou conseguir levantar."




E Sean continua na fase de super herói, muito lindo isso, só que as operações são perigosas e muito tensas, e, desta vez o afetou, está mexendo com sua relação com a Bel, sua filhinha.

Depois Lucy passa a discorrer sobre a rotina de Sean e Bea agora com a bebê Bel. E é só isso, uma “ceninha” outra sobre as operações resgates do Sean, muita transa, muito de Bel, ou seja, rotina do casal mesmo.
Fiquei me perguntando o porquê desse livro. Se algum dia eu descobrir, eu aviso. Por enquanto, se você optar em ler somente os anteriores, terá feito um bom negócio. Mas sendo justa com Lucy Vargas, ela escreve muito bem, é criativa e monta uns diálogos bem bons. É fácil de ler e gostar.
É isso.
Bjoo


Em Tempo: Descobri porque Lucy Vargas escreveu esse livro, foi a pedido dos fãs que queriam saber como eles estavam. Por isso foi só a rotina deles. Rotina de gente RHYCA e linda é diferente! Hehehehe


Resolvi postar uma das publicações de um dos blogs que “perseguem" os Wards, eles são muito divertidos
 “Eu to é morto na entrada da festa nos Doroughs. Quem achou que eles não iam seguir a tradição da festa anual, estava doido. To aqui, com crachá e tudo e com esse vento maldito da praia acabando com meu cabelo. Estou CONGELADO. E to aos prantos. Toda molhada. Beatrice Ward passou aqui agora pouco parecendo que ia fazer clipe sexy com Shakira e Rihanna. Eu não sei nem qual foi o estilista que ousou fazer aquele vestido pra ela. Fiquei esperando ela começar a rebolar colada naquele carro. Sim, aquele carro do SeanW que parece até a balsa da travessia do inferno versão 2015. Eu juro que tenho medo dele, mas se ele me chamar para dar uma volta na Ferrari demoníaca dele eu me jogo lá dentro já sem roupa. E aquela maldita da BeaW veio dirigindo a balsa do inferno e tombou tudo aqui na entrada. Eu juro que eu fiquei tão doido quando vi aquele vestido dela que quase não babei no marido dela. Juuuuro! Mentira. Ele estava um arraso. E hoje estava até sorrindo. Juro, ele abriu um sorriso com dentes aparecendo e tudo e saiu de dentro da balsa do inferno rindo. Ou ele bebeu ou está no melhor humor que já o vi na vida ou sei lá o que a maldita da BeaW andou fazendo ali dentro. Mas o zíper dele estava fechado. O cara dos carros disse que ela deu cem dólares de gorjeta pra ele. Cadê que ninguém me dá cenzinho?? To aqui em pé nesse frio vendo essa gente RHYCA passar e ninguém vem me dar grana! Daqui a pouco vou entrar também que hoje eu tenho crachá, baby!”
- do famousnewyorkers.com – 867 comentários