Páginas

domingo, 29 de maio de 2016

Bela Redenção

Livro: Bela Redenção – Irmãos Maddox #2
Autor: Jamie McGuire
308 páginas
3,5 estrelas

Sinopse:
A aguardada continuação de Bela Distração Liis Lindy é uma agente do FBI decidida a se casar apenas com o trabalho. Ela adora sua mesa, está em um relacionamento sério com seu laptop e sonha em ser cumprimentada pelo diretor depois de solucionar um caso difícil. O agente especial Thomas Maddox é arrogante e implacável, um dos melhores que o FBI tem a oferecer — e chefe de Liis. Quando Liis e Thomas são encarregados de uma missão em que precisam fingir ser um casal, a atração entre eles chega ao limite — e os leva a questionar quanto realmente estavam fingindo.
Bela redenção é o segundo volume da série que narra a excitante, romântica e por vezes volátil jornada dos Maddox rumo ao amor. Chegou a hora de conhecer o mundo misterioso do esquivo Thomas e descobrir como a paixão pode ser intensa quando você não é a primeira, e sim a última. Além, é claro, de rever os outros irmãos da família Maddox.


 
Lindy quem narra a história que vai falar de Thomas Maddox (não me conformo com isso, porque ele não narra?). Agente Lindy é transferida para onde Maddox será seu chefe. Só que ao chegar na cidade ela conhece um homem e vai em sua primeira aventura de “uma noite só”. E dois dias depois, adivinha… adivinhou? Pois é, é lógico, claro, óbvio que o cara de “uma noite só” é seu chefe, ulalá! Apesar de ser clichezão, a história é contada de forma satisfatória.
E para melhorar a “coisa” que já está estranha, a primeira missão em campo dela é um disfarce em que eles são um casal (Maddox e Lindy).
Tanto na série Belo Desastre quanto Irmãos Maddox, os sentimentos dos irmão são sempre fortes e intensos, tanto o deles quanto o delas.
A gente não se conhece há tanto tempo. Por que tenho sentimentos tão fortes por ele?
Esse casal é o mais mimizento, ganhou do Trent e Cami. Mas a situação entre Lindy e Thomas é delicada devido ao passado romântico dele, que está difícil de se livrar e Lindy não colabora muito, verdade seja dita.
Nessa história temos também o Travis, Trent e Cami, o que era inevitável. Acho que enrolou um pouco para resolver tudo e o final eu achei muito sem graça. Thomas apesar de ter sido meio canalha com irmão merecia uma história melhor. Afinal ele sempre foi tudo para a família dele, ele foi um irmão incrível, uma pessoa forte e de fibra.
E foi assim.
Bjoo