Páginas

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Casado Até Quarta

Livro: Casado Até Quarta -  The Weekday Brides #1
Autor: Catherine Bybee
200 páginas
3 estrelas

Sinopse:
Blake Harrison:
Rico, de boas famílias, encantador… e a precisar de uma mulher que se case com ele até quarta-feira. Blake pede ajuda a Sam, que afinal não é o homem de negócios que ele pensava. Pelo contrário, Blake depara com Samantha Elliot, uma mulher linda e arrojada com uma voz de fazer perder a cabeça.

Samantha Elliot:
Dona de uma agência matrimonial, ela própria não está disponível para o casamento… quer dizer, até Blake lhe oferecer dez milhões de dólares por um contrato de um ano. Não há nada de indecente na proposta dele e, além disso, o dinheiro vai ajudar imenso nas contas do médico da família de Sam. A única coisa que ela tem de fazer é guardar para si a atração que sente pelo marido e evitar a cama dele. Porém, é difícil resistir aos beijos ardentes de Blake e ao seu charme sensual são demasiado difíceis de resistir. O contrato de casamento previa tudo e mais alguma coisa… menos que se apaixonassem. 



Historinha bobinha, mas que distrai. Cara rico, um duque na verdade, que para receber a herança nada, nada modesta, tem que estar casado antes dos 36 anos. Assim ele contrata uma empresa prestadora desse tipo de serviço. Só que Blake se interessa pela dona da empresa e não pelas candidatas selecionadas. Como Sam, a dona da empresa, está quebrada e precisa da grana topa ficar casada com Blake por 1 ano.
O pai de Sam estava na cadeia, foi rico, mas não ganhou a grana honestamente. Sua mãe cometeu suicídio, sua irmã ficou doente por tentativa de suicídio mal sucedido. Com isso o passado dela é muito turbulento.
A atração entre eles aconteceu logo no início, quando se conheceram, lógico, claro, óbvio! No entanto, Blake cometeu um erro. Durante a leitura do testamento, quando ele soube que teria que casar para receber a herança, ficou tão bravo que saiu da sala sem terminar toda a leitura, sendo assim, ele ficou sem saber o resto das cláusulas, maior furada isso, mas fazer o quê? Mas a sorte estava do lado de Blake, pois uma das cláusulas acontece e a besta não contou para Sam, aí teve a ex para contar. Ex, é coisa do capeta! A situação deu uma reviravolta e quase foi tudo foi por água a abaixo, quase.
É um livro interessante, sem sustos, sem mimimi, sem enrolação nem encheção de linguiça, sem grandes reviravoltas, sem amor descontrolado, nada erótico ou meloso e essas coisas clichês de romances. Aqui os personagens são inteligentes e sem frescura. Uma leitura limpa, direta e objetiva. Conta a história do casal, mas não é nada de suspirar nem de emocionar, muito menos causar ressaca literária.
Estou pensando se recomendo.
E foi assim
Bjoo