Páginas

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Nothing Personal

Livro: Nothing Personal  (Nada Pessoal)
Autor: Jaci Burton
208 páginas
3 estrelas


Sinopse:
Nada pessoal, apenas um acordo comercial.
Ryan McKay é um multi-milionário com um problema. Ele precisa de uma esposa para cumprir os termos da vontade de seu avô. Infelizmente, o que ele escolheu apenas um afiançado para ele e na hora de perder sua companhia.Ryan convence sua acanhada e dedicada assistente Faith Lewis para a etapa de se casar com ele, garantindo-lhe que o casamento é apenas um negócio. Ryan está certo de que ele pode manter isto estritamente impessoal. Afinal, ele é o produto de um casamento sem amor e por anos lacrou seu próprio coração em uma pedra glacial. Apesar de calor da Faith, compaixão e atratividade, ele está seguro que é imune aos seus encantos.
Faith fará qualquer coisa para seu chefe, mas - casar com ele? Tímida e virgem ela se vê como simples e pouco atrativa, um produto de uma mãe amarga que colocou em sua cabeça que ela não era digna do amor de um homem. Mas ela concorda em ajudar Ryan em cumprir com os termos da vontade de seu avô, esperando ela não perder o seu coração a ele no processo.
Mas o amor raramente ouve a lógica, e o que segue é qualquer coisa exceto negócios



Não me julguem, é só leitura para distração hehehehe… e tem outro motivo, confessarei: eu desafiei-me a ler 30 livros esse mês, e… adivinhem? Esse é o 37º uhuuuuu… eu não queria terminar o mês com número par, amo os ímpares! Hehehe não é superstição, é besteira mesmo, assim como amo os canhotos, os ruivos, os tatuados, os de cabelo comprido, os sarados, os ricos... só gosto mesmo.
E vamos ao livro. Narrado na terceira pessoa, o que é totalmente lamentável, a história se trata de um acordo para receber uma herança. Já li algo bem parecido, em Casado AtéQuarta, e gostei (me condenem), Ryan tem que se casar e ter um filho. O contrato é de um ano. A noiva na última hora deu para trás e Faith, sua secretária a 5 anos, de 26 anos e virgem (afff), topou o contrato, com uma ressalva, pediu um prazo de 2 meses antes de transarem (afff, 2X).
E ele deu um aviso:
Não é um conto de fadas, Faith. Isto são negócios. Não ponha seu coração nele ou você acabará sendo machucada. Esqueceram de avisar a ele que essa faca tem dois gumes.
Então eles se casaram. Na primeira semana no escritório ele começou a ouvir as fofocas a respeito dela. Como ela se vestia, com o que ela se parecia. Ryan sabia que ela era boa, gentil, mas com a autoestima lá embaixo. Então deu um banho de loja nela. E aí a coisa complicou, porque ela só vestia roupas sem graça, números maiores, porque era mais confortável. Quando ele a viu transformada ele percebeu a morena que havia se casado (o cabra começou a se preocupar).
E ele resolveu que não dava para esperar os 2 meses para levá-la para cama, então quis seduzi-la com joias, viagem, e, nada. Frustrante. Só que ele consegue quando menos espera, e ela se revela uma insaciável do sexo(não tem cenas eróticas, nada disso). E quando tudo está indo bem… hummm… lógico, claro, óbvio que tudo é estragado, tinha que ser a ex e uma armadilha.
A história pode ser bobinha, mas distrai que é uma beleza. A autora tem uma escrita leve, brinca com o texto, usa frases com ironia. É verdade que ela não se aprofunda em nada, leva tudo na água com açúcar, mas eu acredito que ela poderia ter feito algo mais elaborado, lamento que não o fez. Mas não me arrependi da leitura. Uma sentada e uma lida.
Para ressaca literária é excelente, ahh! e para quem quer uma leitura rápida para completar um desafio hehehehe
E foi desse jeitinho.
Bjoo