Páginas

segunda-feira, 6 de junho de 2016

The Destiny of Violet and Luke

Livro: The Destiny of Violet and Luke - The Coincidence #3
Autor: Jessica Sorensen
336 páginas
3 estrelas

Sinopse:

A vida de Luke Price sempre foi sobre ordem, controle e bancar o durão por fora. Para Luke, relacionamentos sem sentido é uma distração - uma maneira de fugir das memórias retorcidas da sua infância. Ele deseja desesperadamente poder se esquecer do seu passado, mas seu passado continua o perseguindo, não importa o que ele faça.
Violet Hayes teve uma vida difícil. Quando era jovem, foi deixada sem nenhuma família e a memória do assassinato não resolvido dos seus pais. Ela cresceu em lares adotivos, vivendo com pais irresponsáveis, drogas e negligência, e tentando lutar contra as memórias dolorosas da noite que seus pais foram levados dela. Mas é difícil esquecer quando ela nunca teve um encerramento - e ela não consegue parar de sonhar com o que aconteceu naquela noite trágica. Para sobreviver através da vida, ela mantém distância de todos e nunca se permite sentir qualquer coisa.
Então Violet encontra Luke. Os dois se chocam instantaneamente, mas eles não conseguem ficar longe um do outro. Apesar de lutar contra isso, eles começam a se abrir e sentir coisas que nunca sentiram antes. Eles descobrem o quão parecidos são. Mas também descobrem outra coisa: O passado sempre alcança você...


Você lê o primeiro livro e não tem a conclusão, lê o segundo e de novo não tem a conclusão, vai para livro três e o que acontece? Nem eu sei, porque está falando de outro casal, deve ser para me enlouquecer!
No primeiro e segundo livro a história é de Callie e Kayden, no terceiro é de Luke, melhor amigo de Kayden e Violet, companheira de quarto de Callie. E esses dois são outros lascados. Luke quem injetava drogas em sua mãe, desde criança e sua irmã se suicidou depois de ter sido abusada. Violet teve os pais assassinados quando criança e passou de lar em lar adotivo, o último pai adotivo a usa como traficante. São marcados até a alma de mágoas e não lidam muito bem com o mundo.
Nesse a livro Violet e Luke são pessoas totalmente diferente do que foi apresentado nos livros anteriores, nisso aí a escritora pecou feio!
Luke é um bêbado e Violet traficante hehehehe vou rir para não chorar. Puxa estou brava, não queria saber dessa história, quero saber de Kayden e Callie, caramba!
De qualquer jeito Violet e Luke vão se aproximando, sempre nas coincidências. E eles vão se envolvendo sentimentalmente sem querer. Nenhum dos 2 querem isso, muito pelo contrário, e aí que está a graça do negócio.
A situação da Violet piora de tal forma que ele fica sem ter para onde ir, isso porque eles têm que deixar o dormitório da faculdade e voltar somente no próximo semestre. E a situação de Luke é quase a mesma. Essa situação eles conseguem resolver com a ajuda de Seth e Trevor, que são amigos de Luke e Callie.
O que eu não gostei é que a autora coloca Kayden e Luke como melhores amigos nos livros anteriores, mas nesse livro eles não eram nenhum pouco amigos.
A vida de Violet e Luke é uma bosta hehehehe… desculpa, mas é tanta dor, sofrimento, mimimi… caraca! E para piorar, e aí eu achei o cúmulo, se bem que o nome da série é The Coincidence (A Coincidência), mas eu chamaria de “A Forçação de Barra”, porque a coincidência que liga Luke a Violet é horrível, horrível, de novo, horrível!
E essa “coincidência” só apareceu quando eles finalmente conseguiram se acertar, lógico, claro, óbvio que tinha que ser assim. Nem posso dizer que as coisas ficaram ruins, porque não ficaram, ela ficaram HORRÍVEIS! Tá doido!!
E foi lascado assim.

Bjoo