Páginas

terça-feira, 12 de julho de 2016

A Proposta


Livro: A Proposta -  A Proposta # 1
Autor: Katie Ashley
312 páginas
3 estrelas

Sinopse:
Com a chegada dos trinta anos, Emma Harrison está com seu relógio biológico tinindo e ainda aguarda o seu príncipe encantado aparecer. Ela está ficando sem opções, principalmente depois que seu melhor amigo gay desistiu de ser seu doador de esperma. Claro, sempre há um banco de esperma, mas Emma tem medo de que haja alguma confusão com a doação e ela possa receber a semente de um monstro assassino ou algo do tipo.
O maior mulherengo da empresa, Aidan Fitzgerald, está acostumado a sempre conseguir o que quer, principalmente no quarto. Quando Emma rejeita suas investidas na festa de Natal da empresa, ele fica determinado a conquistá-la a qualquer custo. Ao saber sobre a difícil situação de Emma, ele rapidamente faz uma proposta que beneficiará a ambos. Ele será o pai do filho da Emma, mas ela precisará concebê-lo naturalmente, com ele. Sem ninguém com quem namorar ou simplesmente fazer sexo casual, Emma reluta em aceitar a oferta, mas o charme dele e o intenso desejo dela pela maternidade vencem a questão.
Logo as seções para a concepção do bebê se tornam mais do que físicas. Aidan não parece se afastar dela, enquanto Emma começa a pensar que ele pode ser o homem certo.





NÃO LEIAM A FESTA - A Proposta #0.5, É UM BAITA SPOILER!
ESSE TEM QUE SER LIDO ANTES


O sonho e agora o propósito de vida de Emma é ser mãe, mas marido está difícil e em falta. Ela tinha conseguido que seu melhor amigo, o Connor, fosse o doador de esperma, mas o parceiro de Connor se opôs a isso e então, Connor desistiu. Emma e Connor estavam brigando na empresa por esse assunto quando Aindan os viu e correu para defender a Emma, imaginando que era uma briga de namorados.
Connor conta para Aidan do que se trata. Aindan já conhecia Emma de uma festa no Natal, onde ela o esnobou e disse que ela nunca de deitaria com ele. O que provocou a raiva em Aidan, porque ele a quis mesmo (só para transar). Agora, depois de saber do sonho de Emma ele propõe doar seu esperma para Emma, só que teria que ser pelo método natural, ou seja, ela teria que transar com ele.
E Emma aceita a bondade doadora de Aindan. Agora, uma mulher de 30 anos, independente, agindo como uma virgem tímida é muito chato. Nem menina de 13 anos é desse jeito, pelamor!! De todo jeito eles partiram para o plano de “doação”.
A autora perdeu muito em não escrever na primeira pessoa. Ficou um texto distante dos sentimentos e pensamentos dos personagens, não é tão envolvente como deveria ser. Agora, no final somos envolvidos por um sentimento, o de raiva. Esse Aidan é baita filho da p... É difícil de acreditar no que ele fez. Espero que essa peste sofra!
E com um final de dar raiva, somo forçados a ler o livro seguinte.
E foi isso.

Bjoo