Páginas

sábado, 2 de julho de 2016

O Acordo


Livro: O Acordo - Amores Improváveis #1 ou 
no original: The Deal - Off-Campus # 01
Autor: Elle Kennedy
360 páginas
4 estrelas

Sinopse:
Hannah Wells finalmente encontrou alguém que a interessasse. Mas, embora seja autoconfiante em vários outros aspectos da vida, carrega nas costas uma bagagem e tanto quando o assunto é sexo e sedução. Não vai ter jeito: ela vai ter que sair da zona de conforto Mesmo que isso signifique dar aulas particulares para o infantil, irritante e convencido capitão do time de hóquei, em troca de um encontro de mentirinha.
Tudo o que Garrett Graham quer é se formar para poder jogar hóquei profissional. Mas suas notas cada vez mais baixas estão ameaçando arruinar tudo aquilo pelo qual tanto se dedicou. Se ajudar uma garota linda e sarcástica a fazer ciúmes em outro cara puder garantir sua vaga no time, ele topa. Mas o que era apenas uma troca de favores entre dois opostos acaba se tornando uma amizade inesperada. Até que um beijo faz com que Hannah e Garret precisem repensar os termos de seu acordo.



A capa original



Hannah e Garret é quem narra a história que flui muito bem e é deliciosa de se ler.
Quem começa narrando é Hannah, que é uma das poucas que se deu bem em uma prova, que inclusive causou inveja. Ela está interessada em conquistar Justin, atleta do futebol americano que nem sabe que ela existe.
Depois é Garret quem narra. Esse se deu mal na prova e se não melhorar na segunda chamada pode dizer adeus ao hóquei, que é sua vida. Até hoje ele nunca tinha notado Hannah, até que ela foi uma das últimas a sair da sala. Aí sim, ele gostou do que viu, mas o lance dele é sexo, nada de relacionamento e o cara é o maior pegador, ainda mais que é o capitão do time de hóquei. Por acaso ele descobre que Hannah, que ele jurava que o nome dela começa com “M”, tirou 10. Ele pede ajuda dela para melhorar a nota e ela nega. Ela não tem o menor interesse em ajudá-lo. E é divertidíssimo ele atrás dela tentando convencê-la a dar aulas a ele.
E ele consegue as aulas, em troca de dar popularidade a ela para conquistar Justin. Assim eles começam as aulas e a amizade. E Garret é muito divertido. O diálogo dos dois é muito gostoso, inclusive nas trocas de mensagens.
Durante a narrativa a gente vai descobrindo a mágoa que Garret tem do pai e a luta de Hannah para manter seu trauma sob controle.
Agora, teve um momento de conversa, uma preparação para o falso encontro em uma festa para “segurar” Justin, que Garret dá uma enrolada em Hannah para beijá-la, dizendo que é uma preparação, a besta cai na conversa mole e se derrete no beijo, mas na hora entra uma colega de quarto, onde ela também faz o tal teste. E uma cena engraçada, tem que ler para poder visualizar.
E plano de Garret para fisgar Justin para Hannah dá certo e ela tem um encontro marcado com ele, lembrando que Garret não sabe desse encontro. Só que antes Hannah confessa para Garret que foi estuprada, e que por causa disso foi “quebrada”, e de novo pede “ajuda” dele para consertá-la(afff). Falando assim fica vulgar, tá, vamos combinar que é uma baboseira lascada, mas a autora faz tudo de forma florida e sutil, aqui a sem-vergonhice fica meiga e delicada hehehehehe. E lógico, claro e óbvio que o benevolente Garret “conserta” a Hannah. A coisa entre eles vai de vento em popa, mas eles ainda não assumiram um relacionamento. Aí ele descobre o tal encontro marcado, o tempo fechou e “o que era vidro se quebrou e o que era doce se acabou”. Mas esse não é um livro com mimimi, então a coisa não se arrasta.
Garret sofreu agressão de seu pai por anos, mas agora ele faz quase que pior. Ele força a Hannah se afastar de Garret. Esse pai dele é um sarnento filho da mãe!!!! Aí a história desanda com os dois, mas tem uns lances bem fofos. Garret é fofo, totalmente adorável. E o que nunca Hannah poderia pensar é que não precisaria ceder as ameaças do pai de Garret.
Garret e Hannah são fofíssimos. Garret é totalmente apaixonável.
Uma leitura deliciosa, recomendo. Para quem gosta de ficar tirando baboseiras de livros, esse fala de superação, confiança, injustiça e verdade.
E foi assim.

Bjoo