Páginas

sábado, 13 de agosto de 2016

Acordo no Altar


Livro: Acordo no Altar
Autor: Lynne Graham
183 páginas
2 estrelas


Sinopse:
Ela fizera uma proposta indecente!
Sergios Demonides conseguira sobreviver à vida miserável nas ruas de Atenas e se tornara um poderoso bilionário. Ele pensava já ter vivido as experiências mais inusitadas, até o dia em que Beatriz Blake invadiu seu escritório e o pediu em casamento! Simples, orgulhosa e independente, Beatriz é bem diferente das mulheres glamourosas que costumam enfeitar a cama de Sergios. No entanto, ele não precisa de outro troféu, e sim de uma mãe para os filhos de seu falecido primo. Beatriz, a herdeira ignorada, e Sergios, o homem indomado, deverão chegar a um acordo pré-nupcial. Mas ela se esquece de ler as letras miúdas, e nela está escrito que como marido e mulher também deverão dividir a mesma cama!



Narrado na terceira pessoa, Lyanne Graham quase se dá bem nesse romance, mas ela se perdeu no meio de tantas palavras e na pressa de terminar.
Sergios quer uma mãe para os 3 sobrinhos, que ele tem como honra cuidar. Para isso ele faz uma proposta para Zara, o qual o pai tem interesses em negócios os quais não vão bem. A proposta é que Zara seja esposa de aparência, mas que assuma as crianças. Só que Zara dá para trás e casa com outro o qual estava apaixonada. O pai de Zara chantageia Beatriz, irmã de Zara que é filha de seu primeiro casamento, a propor o mesmo contrato com ela. E assim ela faz, e para sua surpresa ele aceita.
Vou fazer um resumo, hoje estou com pressa, quero ver as Olimpíadas:
  • Contrato: cuidar das crianças, ser esposa de mentira e nada de cama(humm);
  • Ele não quer abrir mão da amante, mas ela não pode ter um;
  • Ele dá um banho de loja nela(yes!);
  • Surpresa chocante: ela é virgem, ulalá!!! (Hímen poderoso!);
  • Ela não resiste a ele e seu “poder” é rompido (hehehehehe…). Até eu que sou mais boba não resistiria aquele deus grego!!;
  • Ela é doce, fiel, honesta, presente e boa de cama (fechou!);
  • Ele é dominador, controlador, nada carinhoso e diria até que é um grosso;
  • Aparece, a ex-amante e o ex-namorado;


A autora mantém distante os personagens, não dá para ver um amor rolando entre os dois. Beatriz passa muito tempo com pensamentos para encher páginas e a paciência do leitor.
Tinha tudo pra ar certo e não deu.
E foi assim.
Bjoo