Páginas

domingo, 14 de agosto de 2016

Frigid


Livro: Frigid
Autor: J. Lynn
373 páginas
3 estrelas


Sinopse:
Sydney, estar apaixonada por Kyler não é novidade. Eles são melhores amigos desde que ele a derrubou no playground e ela o fez comer uma torta de lama. De alguma forma ao longo dos anos, ela se apaixonou por ele. O grande problema? Kyler é o maior galinha. Ele nunca esteve com a mesma menina por mais de algumas noites, e sendo este o último ano da faculdade, Syd não quer arriscar essa amizade tão longa declarando o que sente.
Kyler sempre colocou Sydney em um pedestal muito alto para ele alcançar. Para Kyler, ela era perfeita, e era tudo. Mas os sentimentos que ele nutre por ela sempre foram escondidos, e o foco sempre foi de outras meninas. Até porque, Kyler sempre será o cara errado, e a Syd sempre será a menina que ele nunca poderá ter.



Fazer o quê? Eu sou tapada, gosto de história onde amigos se amam, o que não quer dizer que eu tenha paciência o tempo todo. Então vamos lá!
Sydney e Kyler são amigos(dãã). Um gosta do outro a naos, mas têm certeza que o outro não gosta, pensam que só vê amizade. Ele é mulherengo de marca maior (da menor também).
Agora eles estão indo esquiar com amigos e vão ficar hospedados na casa da mãe de Kyler. Só que acontece uma tempestade e a neve obstrui as estradas e eles ficam sozinhos isolados por alguns dias. Aí conversa vai e conversa vem, eles acabam “indo”, até que enfim!!
Só que enquanto eles estão lá, um ex-namorado de uma peguete do Kyler, faz umas coisas para se vingar dele e a coisa fica feia para o lado da Syd. Não só isso, acontece também outra coisa que, lógico, claro e óbvio, Syd entende errado. Aí tudo estava certinho dá muito errado.
Apesar de Kyler ser o quase o maior safado da terra, ele é apaixonado por Syd. Os dois são bonitinhos, apesar de Kyler demonstrar mais.
A escrita de J. Lynn é simples, direta e flui muito bem. Apesar de um certo mimimi da Syd, a história é gostosinha e distrai.
E foi assim que aconteceu.
Bjoo