Páginas

domingo, 7 de agosto de 2016

The Empire State Trilogy


Livro: A Week in New York
The Empire State Trilogy #1
Autor: Louise Bay
112 páginas
2,5 estrelas


Sinopse:
Anna Kirby está doente por seus namoros. Ela está cansada de ter desgosto. Apesar de ser inteligente, sexy e engraçada, ela é um ímã para os homens que não a merecem. Uma semana de férias em Nova York é a distração final de seu mais recente rompimento, bem como um ótimo lugar para encontrar um desconhecido e ter alguma diversão de verão. Mas para proteger o seu coração ainda machucado, as diversões vem com regras. Não haverá partilha de histórias, não haverá trocas de números, e não haverá nomes reais. Apenas uma noite de diversão descomplicada.



Anna tem o dedo ruim para namorado, o último era praticamente um bandido, misericórdia. Isso até ela conhecer Ethan, que conheceu por acaso, quando foi passear com a amiga em Nova York, ela é de Londres. Anna passou uma semana em Nova York e no primeiro dia em que saiu, mal conheceu Ethan e já foi pra cama com ele. Vou me conter, sem comentários sobre esse comportamento de vadia de ralé (ops!).

Eles concordaram em ficar juntos durante toda a semana, mas só para diversão e sexo, muito sexo. Principalmente porque Ethan não namora, não dorme junto, não repete, aquelas coisas do tradicional. Sem troca nenhuma de informação entre eles. Só que eles gostaram da brincadeira. Mas como fizeram o acordo, chegou o dia de ir embora. E até os telefones eles apagaram.
Nada é profundo, ao contrário. Mas como eu gosto de clichê…
É historinha para passar o tempo enquanto espera a vez no dentista, no médico…
Vou ler a outra parte porque eu quero saber como vai ficar essa história de 5mil quilômetros entre eles.
É isso.
Bjoo.

***************************************************************************************



Livro: Autumn in London
The Empire State Trilogy #2
Autor: Louise Bay
111 páginas
2,5 estrelas


Sinopse:
Anna Kirby foi para Nova York para escapar desgosto e se divertir um pouco. Ela não foi feita para se envolver com alguém. . . alguém como Ethan. Agora, de volta a Londres, ela está tendo que superar um homem que está três mil milhas de distância...
Ethan Scott quebrou cada uma de suas regras durante sua semana com Anna e agora ele parece que não pode voltar à vida antes dela. Uma viagem de negócios para Londres dá-lhe a oportunidade de mudar suas regras para o bem. Será que ele vai levála?


Lá vamos nós! Anna voltou para Londres e passou meses amargando a separação de Ethan e ele sofreu a mesma coisa. Só que a empresa de Ethan está em fusão com a empresa onde Anna trabalha. Que coincidência! Oww
Puxa, esse livro tem muita “coincidência”, não vou dizer falta de criatividade, não quero ser muito má.
E lá foi ele para Londres com a cabeça em Anna, tentado descobrir como fazer para encontrá-la. E para sua surpresa Anna está lá (afff). Aí ela faz um mimimi porque entende umas coisas erradas, mas Ethan ajeita as coisas.
O livro é fraco, é forte na quantidade de transa, uma páscoa de fazer coelhinho ficar com inveja hehehehe… ainda bem que não tem muito detalhe e descrição!! Agora ele está em Londres por 3 meses para a fusão das empresas e bate maior medo em Anna. Confesso que Ethan é um amor:
“—Eu não tenho todas as respostas. Você pode me odiar em três meses. Tudo o que eu sei é que prefiro passar esse tempo com você e arriscar um coração partido do que ficar sozinho.” - Ethan
O final eu achei confuso, então vou ler o terceiro e último. São todos pequenos de leitura rápida, então a perda de tempo não é grande.
É isso.
Bjoo

*********************************************************************************

Livro: New Year in Manhattan
The Empire State Trilogy #3
Autor: Louise Bay
128 páginas
1 estrelas


Sinopse:
Anna e Ethan são separados pelo Oceano Atlântico. Suas regras anteriores não se aplicam mais. A fim de fazer as coisas funcionarem, Anna precisa deixar seu passado ir e assumir um risco com Ethan.
Ethan precisa aprender a lidar com a ambiguidade de um relacionamento. Relacionamentos de longa distância nunca são fáceis e sua situação é frágil. Por quanto tempo ele pode sobreviver sob a pressão da separação? Qualquer um deles está preparado para desistir do que têm um pelo outro? Mas a distância não é o único obstáculo para Anna e Ethan. Em última análise, eles têm de decidir se querem partilhar um futuro juntos.



Sabe quando a gente diz? - Que livro foda!!
Pois é, esse daqui não é: só tem.
Os coelhos foram desbancados! Esse livro só fica nisso. Não é que eu não goste da “coisa”, mas só isso? Fala sério!
Agora o final… putz, nem sei como comentar, na verdade expressar a minha ira. Ethan faz toda uma produção digna de príncipe encantado e Anna, que é uma “sapa” muito burra, estraga tudo. Miserihelp!
O que é isso? Depois de escrever tanta cena de sexo Louise Bay paralisou e escreveu qualquer coisa sem sentido e finalizou o livro rapidamente.
E foi assim, o que já não era bom, ficou pior.
Bjoo