Páginas

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Muito Mais Que Uma Princesa


Livro: Muito Mais Que Uma Princesa (She's No Princess) - Guilty Pleasures #4
Autor: Laura Lee Guhrke
341 páginas
3,8 estrelas


Sinopse:
Filha ilegítima de um príncipe e de uma famosa cortesã, Lucia viveu confinada em escolas e conventos durante a maior parte da vida. Mas, essas experiências não a impediram de provocar um escândalo depois do outro. Exasperado, o príncipe Cesare de Bolgheri decide que a filha deveria se casar o quanto antes. Para arranjar o casamento, Sir Ian Moore, o mais respeitado diplomata britânico, é chamado às pressas. De volta à Inglaterra, ele promete a si mesmo que achará um marido para Lucia, mas logo vê que sua experiência de diplomata talvez não seja suficiente para quebrar a resistência da moça. Apesar de não faltarem candidatos, nenhum está à altura do espírito e da paixão de Lucia. Trata-se de uma história que surpreende o leitor do início ao fim.




Lá vamos nós em outro romance, logo eu largo e volto para as minhas fantasias, estou com saudade, mas por enquanto… romance.
Bom, Lucia, filha ilegítima do príncipe Cesare é uma rebelde, criadora de caso, segundo ela mesma faz sem motivo, mas segundo sua meia-irmã, faz para chamar a atenção do pai, que acha que para Lucia se acalmar e parar de dar problemas só casando. E para isso, para que ela case, conseguiu um dos melhores diplomatas da Inglaterra, sir Ian Moore. Que por sinal não gostou nada de ser rebaixado, mas é tudo politicagem.
Depois do primeiro encontro desastroso entre Ian e Lucia, eles mudam a tática. Ela orientada pela mãe a obter o que deseja, mas deixando ele pensar que ele quem escolheu. E Ian por sua vez coloca a prática a primeira regra da diplomacia, fazer o que deseja fazendo pensar que a escolha é do outro. Ou seja, os dois estão usando a mesma tática um com outro.
Só um detalhe clichê, ela é bonita e já mexeu com ele a primeira vista, da mesma forma, ele é bonito e já mexeu com ela. Logo no primeiro encontro. Não a culpo, um homem bonito sempre me atraiu!
Ian faz uma lista de pretendentes, mas deixou ela escolher qual deles. Os pretendentes ficaram apaixonados por ela, mas só sabem parte da vida passada dela, sendo que um dos pretendes descobriu e se retirou da lista.
Só que essa história de casamento tem um prazo, 6 semanas. Então tudo é meio corrido. Nesse meio tempo Ian e Lucia vão se envolvendo e ela se joga mesmo em cima dele, mas sabe que ele não preenche os pré-requisitos exigidos por seu pai, o príncipe Cesare. Por isso ele deveria ser carta fora do baralho, deveria...
Ian tenta não se envolver, mas não resiste. E ele tem uma luta muito grande com ele mesmo, porque ele é o cara que faz a coisa certa, sempre. Até que em um dia no baile, o último em que ela tem fazer sua escolha final, entre três pretendentes. Lucia deixa para que Ian escolha. Só que ela joga pesado com ele e o seduz. Aí meu amigo, o cara cai de quatro e o cara que faz sempre tudo certo, se lasca. Não consegue pensar nos braços de Lucia. E, lógico, claro e óbvio que eles são pegos. Sendo assim eles são obrigados a casar. Mas a coisa fica feia para o lado do Ian. Ele que é um diplomata reconhecido, perde o emprego, o príncipe fica uma fera.
Eu esperava mais desse livro, mas, mesmo assim, foi muito gostoso de ler. Uma leitura leve e fluida. Mas os personagens não são muito cativantes, não sei porquê.
E foi isso.
Bjoo.