Páginas

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Feridas de Amor


Livro: Feridas de Amor
Autor: Diana Palmer
256 páginas
2 estrelas
Sinopse:
Seus dias de solteiro estariam contados?
Ele era forte, encantador e seguia regras próprias. Ela era tímida, despretensiosa e inocente. Juntos, os vizinhos Jordan Powell e Libby Collins pareciam água e óleo. Mas quando Jordan assumiu a missão de ajudar Libby a manter a propriedade da família, todos na cidade sabiam que era uma questão de tempo até ouvirem os sinos da capela. Jordan não consegue negar o sentimento que surge toda vez que tem Libby em seus braços. O orgulho, porém, o impede de se entregar. Libby será capaz de domar o coração desse cowboy?




G-zuis, de onde tiraram essa sinopse? Tem alguma coisa a ver com livro, mas não espere muito disso.
O livro é fraco, não tem profundidade, nem a força que a escritora tentou dar(acho que ela só pensou, nem tentou).
Libby e seu irmão Curt estão passando por um momento delicado, perderam o pai e a madrasta está tentando tomar tudo deles, a herança e o rancho. Libby pede ajuda a Jordan, seu vizinho, o bonitão “emergente”. Ralou para conseguir sua fortuna. E agora tem a Julie espertona e seu pai, que quer se dar bem na política em cima da grana de Jordan.
Jordan é não é nada esperto, é um bocó. Libby é mais espertinha, mas só um pouco. A relação entre eles é interessante, há uma implicância irônica entre eles. Eles se gostam, mas Jordan, com perdão da palavra, é um bundão.
Diane Palmer pegou um argumento bom, que deveria ter um suspense, uma armação, uma tentativa de atentado, uma paixão e estragou tudo, tratando tudo superficialmente, sem se ater a nada. Até os personagens secundários que tinha seu argumento ela deixou escapar pelas mãos. Uma pena. Até pensei em reescrever pra ela hehehehe ai zuei forte, desculpa.
E foi isso.

Bjoo.