Páginas

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

O Morro dos Ventos Uivantes


Livro: O Morro dos Ventos Uivantes
Autor: Emily Brontë
112 páginas
3 estrelas


Sinopse:
Heathcliff é levado para a fazenda dos Earnshaw aos sete anos, resgatado das ruas, quase morto de fome e fadiga. Arredio e irascível, o garoto passa a ser hostilizado por Hindley e apoiado por Cathy, filhos do sr. Earnshaw. Ao longo dos anos, acaba se apaixonando por Cathy, mas é rejeitado. Ele foge e, tempos depois, volta rico e disposto a se vingar.






Não acredito que isso seja uma história de amor, mas de raiva e vingança.
Heathcliff e Cathy se apaixonam, mas Heathcliff não tem um item essencial para Cathy – grana. Assim ela casa com outro para revolta dele (revolta é pouco!).
É um livro triste, cheio de amargura e despeito. Difícil gostar de Heathcliff, que dá muita vazão ao ódio e vingança. Seu coração é negro, e sua vida vazia. Cathy foi uma pessoa horrível com ele, fiquei feliz quando a infeliz ficou infeliz e depois morreu, já foi tarde. Só que depois disso Heathcliff conseguiu piorar (tá louco!!). O cara ficou mau, pior que pica-pau. Deus me livre! O ódio de Heathcliff era tão grande que passou para o filho. Outro digno do nosso desprezo e pena.
É uma história que nos prende, mas não é uma história de amor bonita que nos faz suspirar ou gostar dos protagonistas. Mas uma história que pesa no coração. E de certa forma fiquei feliz que acabou e não sei se gostei.
E foi isso.

Bjoo.