Páginas

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Guerra do Velho


4/200
Livro: Guerra do Velho
Autor: John Scalzi
368 páginas
5 estrelas


Sinopse:
A humanidade finalmente chegou à era das viagens interestelares. A má notícia é que há poucos planetas habitáveis disponíveis – e muitos alienígenas lutando por eles. Para proteger a Terra e também conquistar novos territórios, a raça humana conta com tecnologias inovadoras e com a habilidade e a disposição das FCD - Forças Coloniais de Defesa. Mas, para se alistar, é necessário ter mais de 75 anos. John Perry vai aceitar esse desafio, e ele tem apenas uma vaga ideia do que pode esperar.




Eu também não ligava em envelhecer quando era jovem     respondi – foi ser velho que passou a incomodar


Aos 75 anos John Perry, depois que a esposa morre, se apresenta para servir.
Você se apresenta e vai embora da terra, é dado como morto aqui e vai para outros planetas participar da defesa das Colônias e a procura de outros lugares para novas Colônias. E da mesma forma em que a Terra procura novos planetas para habitar, outras raças, de outros planetas, também o fazem. E também há as raças que o fazem por cunho religioso.
Ninguém nunca volta e nem sabe o que acontece de verdade por “lá fora”, mas eles sabem que há rejuvenescimento. E o maior interesse é esse, voltar a ser jovem. Achei essa parte bem interessante. Difícil de acreditar, mas… é fantasia.
O livro é dinâmico e emocionante. As guerras são tensas. As amizades são fortes. Não é livro fácil de largar. Amei a escrita narrada na primeira pessoa. Há momento tensos, engraçados, pesados, leves.
Amei ler.
E foi isso.
Bjoo