Páginas

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Esposa Amante


29/200
Livro: Esposa Amante
Autor: Miranda Lee
120 páginas
3 estrelas


Sinopse:
Adam sempre fora apaixonado por Bianca, mas o sentimento não era recíproco. Bianca gostava dele... como seu melhor amigo. Até o dia que ela confessou ter contado à mãe que estavam casados... e queria que ele se passasse por seu marido enquanto ela estivesse na cidade. Adam encontrou então a grande oportunidade de mostrar a Bianca que ela o amava! E sua proposta era: aceitava ser o marido de mentira, desde que durante aquelas duas semanas de "casamento" ele dividissem a mesma cama! 




Uma confusão de sentimentos, isso é o que é. Uma amizade muito confusa e simples. Vai entender!
Adam e Bianca desde criança foram amigos. Só que Adam é apaixonado por ela e ela já deu a real pra ele – só amigos. Sendo assim, os dois são pegadores, só que cada um para um lado, apesar de dividirem o apartamento e sintonia entre eles serem muito boa. Boa para ela que faz dele o que quer. Até o dia que ela tem uma revelação a fazer que vai modificar o comportamento dele.
A mãe de Bianca estava com câncer e como sua mãe sonhava com o casamento entre Adam e Bianca, Bianca disse que estavam noivos, em uma visita que havia feito a ela e mais tarde disse que eles haviam casado, para manter a mãe dela feliz. Só que a mãe dela morava longe, então tudo estaria bem, ela pensava. Bianca é muito impulsiva, meio inconsequente. Quando ela contou a Adam que sua mãe passaria 2 semanas com eles e que ela pensava que eles estavam casados, ele quase surtou. A princípio não aceitou se passar por marido de mentira, mas depois de dar um susto em Bianca, topou a brincadeira, mas só se ele a tivesse na cama, como marido e mulher de verdade.
Como sexo nunca foi problema para Bianca ela aceitou. O que a surpreendeu além ter gostado da “brincadeira” na cama, foi a mudança de comportamento de Adam.
Adam vai a revanche de anos manipulado por Bianca. Adam tem uma vida dupla que até agora não entendi porque.
O argumento é bonzinho, a escrita é boa e o desenvolvimento é bom (tudo mediando, é isso aí). O final foi fechado com pressa, feito nas coxas. Uma pena. O Adam é fácil de gostar no início, depois nem tanto. Bianca achei boba. Mesmo assim gostei de ler.
E é isso.
Bjoo.