Páginas

quinta-feira, 23 de março de 2017

Série As Quatro Estações do Amor



 

 


 As Quatro Estações do Amor
Lisa Kleypas






102/200
Livro:Segredos de Uma Noite de Verão - As Quatro Estações do Amor # 1
Autor: Lisa Kleypas
288 páginas
3 estrelas

Sinopse:
Apesar de sua beleza e de seus modos encantadores, Annabelle Peyton nunca foi tirada para dançar nos eventos da sociedade londrina. Como qualquer moça de sua idade, ela mantém as esperanças de encontrar alguém, mas, sem um dote para oferecer e vendo a família em situação difícil, amor é um luxo ao qual não pode se dar.
Certa noite, em um dos bailes da temporada, conhece outras três moças também cansadas de ver o tempo passar sem ninguém para dividir sua vida. Juntas, as quatro dão início a um plano: usar todo o seu charme e sua astúcia feminina para encontrar um marido para cada, começando por Annabelle.
No entanto, o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle, o rico e poderoso Simon Hunt, não parece ter interesse em levá-la ao altar apenas a prazeres irresistíveis em seu quarto. A jovem está decidida a rejeitar essa proposta, só que é cada vez mais difícil resistir à sedução do rapaz. 
As amigas se esforçam para encontrar um pretendente mais apropriado para ela. Mas a tarefa se complica depois que, numa noite de verão, Annabelle se entrega aos beijos tentadores de Simon... e descobre que o amor é um jogo perigoso.

A história fala de 4 solteironas desesperadas (desesperadas messsssmo para casar e que se unem para conseguir o tão casamento desejado. A primeira entre elas que recebe ajuda é Annabelle.
Annabelle tem 25 anos, é muito bonita, é chata, arrogante e mimada. Não quer abrir mão da aristocracia de nenhum jeito. Ela que casar com um nobre. E é grosseira e foge de Simon Hunt, que ela conheceu a 2 anos e que roubou-lhe um beijo.
Depois que as amigas traçaram um plano para fisgar um nobre para Annabelle, tudo prontinho, ela desiste e acaba nos braços do insuportável Sr. Hunt. Para surpresa de todos, menos do leitor. Surpresa mesmo foi ver eles se casarem e o livro não ter terminado. Tivemos um depois do “felizes para sempre”. E foi nesse “depois” que eu consegui dar 3 estrelas ao livro. Porque até então aquela insuportável só estava maltratando meu lindinho do Simon, gente, ele é um fofo e a Annabelle é superficial e chata. Bom, de todo jeito, é quando ela toma jeito. E as coisas que acontecem depois do casamento são importantes. Tem afinidade, entrega, amizade, cumplicidade, reconhecimento, amor, emoção e salvação. Um final muito lindo.
E foi assim.
Bjoo.







103/200
Livro: Era Uma Vez No Outono - As Quatro Estações do Amor # 2
Autor: Lisa Kleypas
288 páginas
3 estrelas

Sinopse:
A jovem e obstinada Lillian Bowman sai dos Estados Unidos em busca de um marido da aristocracia londrina. Contudo nenhum homem parece capaz de fazê-la perder a cabeça. Exceto, talvez, Marcus Marsden, o arrogante lorde Westcliff, que ela despreza mais do que a qualquer outra pessoa.
Marcus é o típico britânico reservado e controlado. Mas algo na audaciosa Lillian faz com que ele saia de si. Os dois simplesmente não conseguem parar de brigar.
Então, numa tarde de outono, um encontro inesperado faz Lillian perceber que, sob a fachada de austeridade, há o homem apaixonado com que sempre sonhou. Mas será que um conde vai desafiar as convenções sociais a ponto de propor casamento a uma moça tão inapropriada?


Eu gosto de fazer o meu comentário durante a leitura ou logo que termino o livro, mas dessa vez eu li os 3 últimos da série, e só depois comecei o meu comentário, isso não foi porque eu gostei demais, ao contrário, fiquei decepcionada.
A história fala de 4 solteironas desesperadas (desesperadas messsssmo para casar e que se unem para conseguir o tão casamento desejado. Agora é a vez de Lillian Bowman.
A família americana Bowman, veio para Londres para casar suas duas filhas com nobres de Londres, o que é tarefa difícil, porque nobre só casa com nobre. Como há muitos nobres pobres eles estão apelando para dotes milionários.
Lilian é a filha mais velha, das meninas, uma chata que não pensa pra falar, desobediente e faz o que vem na mente. É uma solteirona até que arrogante.
O Conde de Westcliff, Marcus Marsden, é um homem responsável, sério e gosta de ter tudo sob controle. É respeitado e o alvo das solteiras.
Em uma daquelas festas que duram dias e dias na casa do conde, ele recebe também a família Bowman, a qual ele está começando da fazer negócios.
Lorde Westcliff e Lillian não começam muito bem, meio cão e gato apesar da forte atração. Mas não é simples, a coisa se complica no final, porque a mãe do conde não é a favor do casamento e se junta com um visconde sem caráter para separar os dois.
A escrita é boa, muito embora eu ache que às vezes Lisa Kleypas encheu um pouco de linguiça. É um romance gostoso de ler, mas não é aquelas coisas.
E foi isso.
Bjoo.







104/200
Livro: Pecados no Inverno - As Quatro Estações do Amor # 3
Autor: Lisa Kleypas
288 páginas
3 estrelas

Sinopse:
Agora é a vez de Evangeline Jenner, a Wallflower mais tímida que também será a mais rica quando receber sua herança. Mas primeiro ela tem que escapar das garras de seus ambiciosos parentes, Evie recorre a Sebastian, visconde de St Vincent, um conhecido mulherengo, com uma proposta incrível: que se case com ela!
A fama de Sebastian é tão perigosa que trinta segundos a sós com ele arruínam o bom nome de qualquer donzela. Mesmo assim, esta cativante jovenzinha se apresenta em sua casa, sem acompanhante, para lhe oferecer sua mão.
Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite da lua-de-mel, o casal não voltará a ter relações íntimas. Evie não deseja torna-se apenas mais uma que Sebastian descarta sem piedade, o que significa que Sebastian simplesmente tem que trabalhar mais duro na sua sedução... ou, talvez entregar seu coração pela primeira vez em nome do verdadeiro amor.


Eu gosto de fazer o meu comentário durante a leitura ou logo que termino o livro, mas dessa vez eu li os 3 últimos da série, e só depois comecei o meu comentário, isso não foi porque eu gostei demais, ao contrário, fiquei decepcionada. (Escrevi isso no outro também, desculpa aí!)
A sequência de todos os livros da série começa onde parou o anterior, sem grandes espaços de tempo. Acho isso bom.
A história fala de 4 solteironas desesperadas (desesperadas messsssmo para casar e que se unem para conseguir o tão casamento desejado. Agora é a vez de Evangeline Jenner, a Evie.
Evie é uma ruiva extremamente tímida e que gagueja, o que afasta os pretendentes, apesar dela ser rica. Mas é uma coitadinha que sofre e apanha dos parentes.
Assim, fiquei decepcionada, de novo, porque o par romântico da Evie é um mal caráter, canalha de marca maior: visconde St. Vicent, o Sebastian.
No livro anterior Sebastian rapta Lillian Bowman, para se casar a força com ela, foi um arranjo com a mãe do conde de Westcliff, porque o visconde está ficando pobre de marré deci. O cara tá desesperado.
Quando St. Vicent está em sua casa se recuperando da surra que levou do conde Westcliff, Evie aparece e faz uma proposta surpreendente - Casamento. Ele terá o dinheiro dela e ela a proteção dele, e, mais uma cláusula: terão relações sexuais somente uma noite para consumar o casamento e só. Lógico que o safado topou, mas não adivinhou que não seria tão fácil.
Só que o mal caráter se encanta com a doce Evie. Não consegue acreditar que a tratavam tão mal. E tudo que ela queria era ficar com o pai que estava morrendo.
A medida que eles vão ficando junto St. Vicent vai se transformando e se apaixonando por Evie. Lógico que não podia ser fácil e a coisa piorou depois que tentaram matá-la.
A história é bonita, mas juntá-la com um cara do nível de Sebastian achei maldade, forçou demais.
Mesmo assim a leitura flui muito bem, é gostoso de ler.
E foi isso.
Bjoo.






105/200
Livro: Escândalos a Primavera - As Quatro Estações do Amor # 4
Autor: Lisa Kleypas
224 páginas
3 estrelas

Sinopse:
Daisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braçaisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braço direito na empresa.
Daisy está horrorizada com a possibilidade de viver para sempre com alguém tão sério e controlador, tão parecido com seu pai. Mas não admitirá a derrota. Com a ajuda de suas amigas, está decidida a se casar com qualquer um, menos o Sr. Swift.
Ela só não contava com o charme inesperado de Matthew nem com a ardente atração que nasce entre os dois. Será que o homem ganancioso de quem se lembrava era apenas fachada e ele na verdade é tão romântico quanto os heróis dos livros que ela lê? Ou, como sua irmã Lillian suspeita, o Sr. Swift é apenas um interesseiro com algum segredo escandaloso muito bem guardado?



Eu gosto de fazer o meu comentário durante a leitura ou logo após o término do livro, só que dessa vez eu li os 3 últimos da série, e só depois fiz o meu comentário, isso não foi porque eu gostei demais, ao contrário, fiquei decepcionada. Um bando de mulher desesperada e só ficaram com quem não queriam.
A história fala de 4 solteironas desesperadas (desesperadas messsssmo para casar e que se unem para conseguir o tão casamento desejado. Agora é a vez de Daisy Bowman, a última das amigas que falta casar.
A família americana Bowman, veio para Londres para casar suas duas filhas com nobres de Londres, o que é tarefa difícil, porque nobre só casa com nobre. Como há muitos nobres pobres, eles estão apelando para dotes milionários, então os Bowmans têm esperanças de casar Daisy também com um nobre. A outra irmã conseguiu, a Lillian agora é condessa Westcliff.
Só o que pai da Daisy dá um ultimato, se ela não se casar em 2 meses com um nobre ela se casará com Mattew Swift, seu escolhido. A lembrança que as irmãs têm do sr. Swift é que ele era um “saco de ossos” e tão arrogante quanto o pai delas e um puxa saco.
De novo, em uma daquelas festas de dias e dias, onde os negócios também são realizados, na propriedade do conde Westcliff que Evie tem seu encontro com Mattew. Ahhh mas quando ela vê o “saco de ossos”, ulalá!!!! Que ossos!!!! O cara está diferente, graças a Deus!
Pois é, Daisy começou a pensar melhor e não resistiu, ainda mais que Mattew sempre foi apaixonado por ela. Ele é tão fofinho!
E pensa que foi simples? Fácil? Humm quando estava tudo certinho o passado de Mattew, que era segredo, veio e atrapalhou tudo. Haja coração!
E foi assim.
Bjoo.