Páginas

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Academia de Vampiros

 

  
 

Academia de Vampiros
Richelle Mead



106/200
Livro: O Beijo das Sombras – Academia de Vampiros 01
Autor: Richelle Mead
320 páginas
4 estrelas

Sinopse:
Lissa Dragomir é uma adolescente especial, por várias razões: ela é a princesa de uma família real muito importante na sociedade de vampiros conhecidos como Moroi. Por causa desse status, Lissa atrai a amizade dos alunos Moroi mais populares na escola em que estuda, a São Vladimir. Sua melhor amiga, no entanto, não carrega consigo o mesmo prestígio: meio vampira, meio humana, Rose Hathaway é uma Dampira cuja missão é se tornar uma guardiã e proteger Lissa dos Strigoi - os poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade.
Pressentindo que algo muito ruim vai acontecer com Lissa se continuarem na São Vladimir, Rose decide que elas devem fugir dali e viver escondidas entre os humanos. O risco de um ataque dos Strigoi é maior, mas elas passam dois anos assim, aparentemente a salvo, até finalmente serem capturadas e trazidas de volta pelos guardiões da escola.
Mas isso é só o começo. Em O Beijo das Sombras, Lissa e Rose retomam não apenas a rotina de estudos na São Vladimir como também o convívio com a fútil hierarquia estudantil, dividida entre aqueles que pertencem e os que não pertencem às famílias reais de vampiros. São obrigadas a relembrar as causas de sua fuga e a enfrentar suas temíveis consequências. E, quem sabe, poderão encontrar um par romântico aqui e outro ali. Mais importante, Rose descobre por que Lissa é assim tão especial: que poderes se escondem por trás de seu doce e inocente olhar?


Eu esperava algo totalmente diferente, gostei desse mundo diferente. Nada de vampiros irresistíveis sugando pescoço dos humanos a “volonté”, nada de vampiro arrogante e poderoso. Gostei de umas coisas que a autora criou, como: os dampiros, os guardiões, os strigois, a formação da realeza, como funciona a reprodução entre eles. Chato, mas interessante é o tal de “laço” que pode existir entre alguns, coisa muito rara atualmente, mas que acontece com Lissa, uma princesa Moroi e Rose, uma dampira. São coisas bem interessantes que a autora vai introduzindo aos poucos, nos mostrando como tudo funciona.
A autora nos mostra um mundo de vampiros frágeis, onde eles precisam de proteção. Na Academia os dampiros estudam para serem guardiões e os vampiros para a magia de dominar os elementos. Mas nessa mesma academia o que rola mesmo é a fofoca. Pelamor! O que é isso? O que move a academia é fofoca, segredo, inveja e vingança. Isso é muito chato.
Lógico que tem os “gatinhos” e rola os flertes e o lance do “amor impossível”, afff… mas dá um charme a história.
Um último comentário, que é mais uma reclamação minha sobre as protagonistas: Lissa é uma princesa vampira fraca e sem personalidade e Rose é quase uma vadia, sem educação e controle. Coisas que não são atraentes em protagonista.
E foi isso aí!
Bjoo.



107/200
Livro: Aura Negra – Academia de Vampiros 02
Autor: Richelle Mead
304 páginas
4 estrelas

Sinopse:
A Escola São Vladimir está em alerta após um ataque dos sanguináreos Strigoi. Os Guardiões admirados por suas habilidades e seus grandes feitos, se preparam para entrar em ação. A escola envia seus alunos para um hotel de luxo e bem protegido, porém um imprevisto obriga Rose a deixar a segurança de seu lar e impedir que o pior aconteça. Apenas quando a vida de seus amigos está por um fio é que a heroína descobrirá força dentro de si.


A história continua sendo narrada na primeira pessoa, pela dampira Rose.
Os Strigoi estão aumentando seus ataques, seu efetivo e aperfeiçoando suas estratégias. O perigo está aumentando em torno dos Moroi. E alguns deles estão começando a pensar diferente do conselho, eles também querem aprender a se defender. O que chocou a muitos.
Agora também temos um novo personagem, Adrian, que sua especialidade é “espírito”, assim como Lissa, mas com algumas diferenças.
Tudo desenrola meio devagar, mas não é nada monótono. A escrita de Richelle Mead é leve e flui muito bem. Ela envolve a gente.
O final é tenso, com ação, momento de tristeza e esperança. Muito bom mesmo.
E foi assim.
Bjoo.




108/200
Livro: Tocada Pelas Sombras – Academia de Vampiros 03
Autor: Richelle Mead
384 páginas
4 estrelas

Sinopse:
Rose Hathaway sabe que é um erro se apaixonar por um de seus instrutores.
Lissa, sua melhor amiga e última princesa do clã dos Dragomir, deve vir sempre em primeiro lugar. Rose precisa protegê-la. Mas, infelizmente, quando se trata de Dimitri Belikov, algumas regras parecem existir apenas para serem quebradas.
Justamente quando Lissa e Rose veem seu pior inimigo, Victor Dashkov, a um passo de sair da prisão, imagens sombrias começam a invadir a mente de Rose, prenunciando algo terrível à espreita da Escola São Vladimir.
A tensão ronda o mundo dos Moroi mais do que nunca. Os Strigoi desejam vingança pelas mortes causadas por Rose em Spokane. Numa batalha de tirar o fôlego, ela viverá seus piores pesadelos ao ter de escolher entre o amor de sua vida e sua melhor amiga. Será que essa escolha significa que apenas um deles sobreviverá?


Agora as coisas estão começando a mudar na vida dos Moroi.
Rose que foi beijada pelas sombras começa a sofrer as consequências disso. E as consequências são fortes.
Lissa se aproxima de Adrian, que gosta da Rose, para aprenderem juntos a troca de conhecimento e experiência na magia do espírito, que a especialidade dos dois.
Dimitri e Rose se aproximam ainda mais e quando tudo começa tomar uma direção, vai tudo por água abaixo. Por água abaixo mesmo e se prepare para se entristecer.
Esse livro tem mais emoção, tensão e uma baita decepção.
Agora defender um Moiri não é primeira coisa na vida de um guardião.
E foi assim.
Bjoo.



109/200
Livro: Promessa de Sangue – Academia de Vampiros 04
Autor: Richelle Mead
448 páginas
3 estrelas

Sinopse:
A vida da guardiã Rose Hathaway nunca será a mesma. O recente ataque a Academia St. Vladimir devastou todo o mundo Moroi. Muitos estão mortos. E, pelas poucas vítimas carregadas pelos Strigoi, o destino deles é ainda pior. Uma rara tatuagem agora adorna o pescoço de Rose, uma marca que diz que ela matou Strigoi demais para contar. Mas apenas uma vítima importa… Dimitri Belikov. Rose agora deve escolher, um de dois caminhos bem diferentes: princesa – ou, abandonar a academia para sair sozinha em uma caça para matar o homem que ela ama. Ela terá de ir ao fim do mundo para encontrar Dimitri e manter a promessa que ele implorou para ela fazer. Mas a pergunta é, quando a hora chegar, ele irá querer ser salvo? Agora, com tudo em jogo – e mundos de distância da St. Vladimir e sua desprotegida e vulnerável, e recentemente rebelde, melhor amiga – Rose pode encontrar forças para destruir Dimitri? Ou, ela vai se sacrificar para ter uma chance em um amor eterno?


Já aviso que tem Spoiler, então é por sua conta e risco.

Depois do ataque que a Academia sofreu e Dimitri foi transformado em Strigoi, Rose abandona a Academia e vai para Rússia atrás de Dimitri para matá-lo.
Achei a leitura, dessa vez, meio lenta e que tem um pouco de blá blá blá. Tem até alguma ação, mas o período “cor de rosa” que Rose passou com Dimitri, um Strigoi agora, achei que não tinha nada a ver. Toda aquela imagem que a autora passou nos primeiros livros sobre os Strigoi, não se encaixou agora.
Rose conheceu a família de Dimitri e um casal: sendo ele um beijado pelas sombras e ela especialista em espírito. Que aliás, ela, que não lembro o nome dela agora, teve uma ajuda fundamental para que Rose ajudasse a Lissa, que correu risco de morte ou de vida, sei lá! Podia morrer.
E como não poderia deixar de ser, Rose matou um bocado de Strigoi, mas também quase que Dimitri a transforma.
Agora Rose tem uma esperança, pois o casal disse que há uma possibilidade de salvar um Strigoi. Por isso ela volta para a Academia.
A cada livro uma mudança e novos personagens. Sempre com tensão e ação. A escrita é boa, mas esse livro eu achei que a autora poderia ter dado uma “enxugada” na história.
E foi assim.
Bjoo.



115/200
Livro: Laços do Espírito – Academia de Vampiros 05
Autor: Richelle Mead
426 páginas
4 estrelas

Sinopse:
Depois de uma longa e dolorosa viagem à Sibéria, terra natal de seu amado Dimitri, Rose Hathaway finalmente voltou à escola e reencontrou sua melhor amiga, Lissa. A formatura se aproxima, e elas mal podem esperar pela vida que vão ter além dos portões da São Vladimir. No entanto, o coração de Rose dói cada vez que se lembra do que passou na Rússia o fracasso em salvar Dimitri e do que ainda precisará enfrentar. Sua jornada inclui libertar o perigoso Victor Dashkov da prisão de segurança máxima e encontrar Robert Doru, o único que possui informações para resgatar Belikov das terríveis profundezas de sua condição de Strigoi. A vampira acredita existir apenas uma chance em um milhão, até porque Dimitri continua sua perseguição para matá-la. Sentenças de morte e declarações de amor se confundem, e ela precisa correr contra o mais implacável dos inimigos: o tempo. E, dessa vez, Rose prometeu a Lissa que a levaria junto. Será que a princesa Moroi terá forças quando souber o que a espera? Em “Laços do espírito”, Richelle Mead continua a saga que renovou a literatura de vampiros e apresenta uma história repleta de dilemas, intrigas políticas e emoções extremas que vai conquistar mais uma vez os leitores.


No final do livro anterior Rose descobre a possibilidade de Dimitri voltar a ser Dampiro. Assim ela volta para a Academia e começa a traçar um plano muito tenso e perigoso para salvar Dimitri.
No meio de todo esse trama maluco para conseguir seu objetivo, que envolve amigos e Lissa. A quem está ligada por “laço do espírito”. Rose ainda se envolve com Adrian, porque foi uma promessa que ela fez. Na verdade ela dá uma balançada por Adrian, que tem um humor maravilhoso, mas vive bêbado, o coitado! Lissa nesse livro também dá uma amadurecida, mas a Rose não tem jeito, é “fodona”!
Agora o final é de lascar e nos faz rápido ir para o próximo livro, onde esperamos que todas as pontas soltas tenham fim.
A escrita continua muito boa, com ritmo e fluidez, ou seja, a leitura é rápida. A história achei uns excessos aqui e ali, mas no fim, gostei.
E foi assim.
Bjoo.



116/200
Livro: Último Sacrifício – Academia de Vampiros 06
Autor: Richelle Mead
536 páginas
4 estrelas

Sinopse:
Rose Hathaway sempre jogou com suas próprias regras. Ela quebrou as regras quando fugiu da Academia St. Vladimir com sua melhor amiga e a última princesa Dragomir sobrevivente, Lissa. Ela quebrou as regras quando se apaixonou por seu maravilhoso e fora-dos-limites instrutor, Dimitri. E ela ousou desafiar a Rainha Tatiana, a líder do mundo Moroi, arriscando sua vida e reputação para proteger futuras gerações de guardiões dhampir. Agora a lei finalmente pegou Rose por um crime que ela sequer cometeu. Ela está presa pelo mais alto crime imaginável: o assassinato de um monarca. Ela precisará da ajuda de Dimitri e Adrian para encontrar a única pessoa viva que pode atrasar sua execução e forçar a elite Moroi a reconhecer uma chocante nova candidata ao trono real: Vasilisa Dragomir. Mas o relógio está correndo contra a vida de Rose. Ela sabe em seu coração que o mundo dos mortos a quer de volta… E desta vez ela realmente não tem uma segunda chance. A grande questão é: quando sua vida é dedicada a salvar os outros, quem vai te salvar?


Agora é hora de Rose provar que não matou a rainha. E para isso muita gente foi envolvida em busca da verdade. Aconteceram surpresas, revelações, lutas, reviravoltas, coração partido, final triste e final feliz, mais morte, quase morte, romance, decepção… tudo com ritmo e certo segredo.
Rose é uma dampira de coragem e ousada, combina certinho com Dimitri. Tá certo que Dimitri fez um mimimi, mas se redimiu. Triste mesmo foi o bêbado lindo do Adrian, confesso, Rose sacaneou ele. Amo Christian e Lissa, eles combinam bem bonitinho.
É um livro muito bom, apesar de ter sido um final cheio de felizes para sempre. Alguns tiveram um final bem infeliz e outros nem final tiveram. Teria que tido um sétimo livro, essa é a verdade. Ouvi dizer que tem a série Bloodlines que arruma essas “falhas”.
E foi isso, gostei de ler.
Bjoo.