Páginas

domingo, 2 de abril de 2017

Proposta Inconveniente


Livro: Proposta Inconveniente
Autor: Meg Cabot
350 páginas
3 estrelas


Sinopse:
Apaixonada pelo capitão Connor Drake, Payton sonha em ser capitã de seu próprio navio. Ela cresceu desejando essa profissão exclusivamente masculina, mas agora deve abdicar disso tudo para conseguir um bom marido. O problema é que Connor só percebe seus sentimentos por Payton na véspera de seu casamento com outra. Quando o barco dos noivos parte rumo às Bahamas, ele é atacado e resta a Payton se infiltrar num navio pirata para salvar a vida do seu amado. A coragem une os dois, e o resgate pode gerar mais frutos do que ela imaginou



Sinceramente, a história é boa. Ruim é como ela foi contada, melhor, escrita. A escrita tornou a leitura cansativa, Meg Cabot ficou em uma divagação interminável, num blá blá blá de tirar a paciência. Mesmo assim a história vale a pena, mas esteja preparado.
Payton foi criada pelo pai e três irmãos mais velhos e praticamente em um navio, logo, ela não era lá muito feminina. Por isso capitão Drake não percebeu que ela era apaixonada por ele, isso até a véspera do seu casamento (casamento dele).
E esse casamento rendeu. Mas a coisa não é tão simples, lógico. Payton sabia que o motivo do casamento não podia ser aquele que todos alegavam, ainda mais depois daquele momento que ela teve com Drake na véspera do casamento.
Na manhã do casamento Payton teve uma oportunidade de atrapalhar o evento. E dali em diante a coisa foi só ladeira abaixo. O que era para ser uma lua de mel se transformou em sequestro, cárcere privado, disfarce, luta (quase guerra com pirata, canhão...), revelações e revelações, também teve fuga, coragem, momentos altamente românticos. Muitas coisas para incrementar a história, se não fosse a escrita seria muito bom.
E foi isso aí!
Bjoo.